Três náufragos foram, este domingo, resgatados por um helicóptero da Força Aérea Portuguesa a 165 milhas (cerca de 300 quilómetros) a sudoeste do Cabo de São Vicente, no Algarve.

Dois espanhóis e um argentino, que navegavam no veleiro "El Almogrote", com 10 metros de comprimento e bandeira espanhola, naufragaram na região de salvamento marítima de Marrocos, a 232 milhas náuticas (cerca de 430 quilómetros) a Noroeste de Casablanca.

Como as autoridades marroquinas «não tinham capacidade de salvamento, pediram apoio a Portugal, que enviou para lá um helicóptero Merlin», explicou à Lusa o comandante da Autoridade Marítima do Sul, Marques Ferreira.

Os três náufragos, que vinham do arquipélago das Canárias (Espanha) e tinham por destino um porto não especificado de Portugal ou Espanha, estão no Hospital Central do Algarve a recuperar da hipotermia (baixa da temperatura corporal causada pela permanência prolongada na água), explicou a mesma fonte policial.

Os três náufragos chegaram ao Aeroporto Internacional de Faro cerca das 16:00, tendo sido levados para o hospital por uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

TSF