Um incêndio destruiu hoje, domingo, uma habitação na zona antiga de Portalegre, tendo ficado desalojada uma mulher que era a única residente na casa.

O comandante da corporação de Portalegre, João Baptista, adiantou que o fogo ocorreu num edifício "muito antigo", construído "à base de madeira", situado na Rua Infantaria 12, tendo ardido todo o recheio de uma casa, num rés do chão, onde residia a mulher com idade entre 60 a 65 anos.

João Baptista indicou que o fogo se propagou ao primeiro andar do edifício, um espaço ocupado pelo Centro Cultural e Desportivo da Segurança Social, tendo o fumo danificado tudo o que existia naquela parte do edifício.

Segundo o comandante dos bombeiros, são ainda desconhecidas as causas do incêndio, que não causou feridos, e que "em princípio" deve ter deflagrado no rés do chão.

A mulher desalojada, segundo o responsável dos bombeiros, vai passar a noite em casa de um familiar, e segunda-feira vai ser realojada numa pensão da cidade.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre, o alerta foi dado às 15:34.

O CDOS indicou ainda que prestaram socorro ao incêndio, 33 bombeiros, apoiados por nove viaturas das corporações de Portalegre, Castelo de Vide e Monforte.

JN