Elham Ibrahim, comissária para Infraestruturas e Energia da União Africana (UA), revelou, esta segunda-feira, que dois terços da população africana continuam sem acesso a energia.

«É contraditório e até inaceitável sob o ponto de vista social e económico que dois terços da população africana não tenham acesso à energia, num continente com enormes recursos energéticos», afirmou Ibrahim, citada pela edição online do Expresso, durante o discurso de abertura da Conferência de Ministros da Energia de África, que decorre em Maputo.

Segundo a responsável da UA, serão necessários «investimentos massivos» para ultrapassar o panorama actual.


abola
_____