A Sony oficializou o fim da produção do mítico leitor de cassetes Walkman.

No mercado desde julho de 1979, o Walkman foi um dos primeiros dispositivos a introduzir o conceito de portabilidade nos leitores de música.

Segundo o site Gizmodo, o Walkman, vendeu cerca de três mil unidades no mês em que foi colocado à venda, tendo este valor aumentado exponencialmente nos anos seguintes.

Nos 30 anos da sua existência, o Sony Walkman vendeu cerca de 200 milhões de unidades.

Apesar de o Walkman ter já sido ultrapassado, primeiramente pelo leitor de CDs portátil (o Discman) e recentemente pelos leitores de MP3 e MP4, a sua "morte" só foi anunciada no passado dia 22 de outubro.

Curiosamente, a data oficial da "morte" do leitor de cassetes Walkman está muito próxima da do 9º aniversário do iPod, introduzido no mercado a 23 de outubro de 2001, como fez notar o Gizmodo.

Fonte