O congressista democrata luso-americano Dennis Cardoza conseguiu ser reeleito nas eleições intercalares de terça feira, segundo projecções da AP.

Cardoza, que concorreu pelo distrito 18 da Califórnia, obtém mais de 56% dos votos, contra 43% do republicano Michael Berryhill, numa altura em que mais de 90% dos votos estavam contados.

Mais complicada estava a reeleição de outro membro do "caucus" (fação) luso-americano em Washington, Jim Costa, que concorre pelo distrito 20 da Califórnia.

Com quase metade dos votos contados, Costa seguia ligeiramente atrás do seu adversário republicano, com 49,7% dos votos, face a 50,3, ainda segundo a AP.

Na Califórnia, também já é oficial a reeleição de Devin Nunes, republicano que concorria sem oposição.

O republicano Pat Toomey, ex-membro do "caucus" no Congresso, conquistou um lugar no Senado pelo Estado da Pensilvânia.

Naquela que foi uma das mais disputadas eleições para lugares no Senado, Toomey só viu confirmada a sua eleição cerca da meia-noite de Nova Iorque (04:00 de Lisboa).

Com 99,4% dos votos contados, Toomey reclamava 51%, contra 49% do seu adversário democrata Joe Sestak.

Enquanto congressista, Toomey, cuja mãe é descendente de portugueses, integrou o "caucus" luso-americano.

O democrata Barney Frank, membro do "caucus" luso-americano, deverá ser reeleito para novo mandato no Congresso, segundo as últimas projeções dos media norte-americanos.

Com 64% das circunscrições eleitorais apuradas no distrito 4 do Massachussetts, Frank seguia com 62% dos votos, contra 36% do seu adversário Sean Bielat, e as projeções da CNN e da Fox News apontam para uma reeleição confortável.

Frank, 70 anos, é um dos legisladores mais liberais do Congresso e co-autor da nova legislação do sector financeiro.

JN