A Coreia do Norte disse que os obuses disparados hoje, terça-feira, contra a Coreia do Sul foram uma resposta a "provocações militares sul-coreanas".

"Tropas sul-coreanas dispararam para as águas territoriais da República Democrática e Popular da Coreia dezenas de obuses às 13 horas (4 horas em Lisboa). O Exército Popular da Coreia respondeu imediatamente à provocação", de acordo com um comunicado norte-coreano citado pela agência noticiosa oficial chinesa Xinhua.

Trata-se de um comunicado do Exército Popular da Coreia (nome das forças armadas norte-coreanas), difundido em Pyongyang pela Korea Central News Agency, a agência noticiosa oficial do país.

"O Exército Popular da Coreia respondeu aos tiros de artilharia da Coreia do Sul com decididas medidas militares", disse a KNCA sem adiantar pormenores.

De acordo com o Ministério da Defesa sul-coreano, a Coreia do Norte disparou granadas de morteiro contra uma ilha da Coreia do Sul, causando dois mortos e 18 feridos, e desencadeando uma resposta militar da parte de Seul.

O incidente coincide com as manobras anuais militares sul-coreanas, iniciadas na segunda-feira, que envolvem cerca de 70 mil efectivos.

JN