O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, decretou hoje, terça-feira, o estado de emergência nas regiões de Zúlia, Trujillo, Mérida e Nueva Esparta, devido ao mau tempo que há mais de três semanas fustiga o país.


Hugo Chavez visitou pessoas afectadas pelo mau tempo

O novo decreto foi publicado na "Gazeta Oficial", esta terça-feira.

Há cerca de uma semana, nos Estados de Miranda, Vargas, Capital e Falcón, também foi declarada emergência devido às inundações e deslizamentos de terras provocados pelo mau tempo.

As autoridades atribuíram cerca de 17,5 milhões de euros para operações de socorro em La Guajira e Sul do Lago (800 quilómetros a oeste de Caracas), no âmbito do Fundo Nacional de Emergência.

Até segunda-feira, as chuvas tinham causado mais de 101 mil sinistrados no país.

JN