Página 13 de 44 Primeiro ... 312 13 1423 ... Último
  1. #181
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Enduro McRae em estreia


    Após o "flop" que representou o lançamento do Pirelli McRae Enduro Trofeo, competição pensada para a Taça FIA de Bajas de 2008, o projecto lançado por Jimmy e Alister McRae ganha um novo fôlego no Dakar 2009, com quatro exemplares confirmados à partida, três para os holandeses Chris Leyds (com o próprio Alister como navegador), Michel de Groot e Aart Bosman e um outro para o chileno Eliseo Salazar, de 54 anos, figura incontornável do desporto motorizado local, com partipações no Mundial de F1 (de 1981 a 1983), 500 Milhas de Indianápolis (quarto em 2005) e 24 Horas de Le Mans (oitavo em 1989). "Será uma experiência totalmente nova após as corridas em circuito. Mas julgo que um resultado entre 25 a 30 primeiros será possível".

  2. #182
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Leal dos Santos lidera ambições


    Face às renúncias de Carlos Sousa e Miguel Barbosa, as principais esperanças lusas num bom resultado estarão concentradas quase em exclusivo em Ricardo Leal dos Santos, ele que em 2009 concretiza a sua sétima participação num Dakar - quinta na categoria automóvel e segunda ao volante do BMW X5 adquirido à alemã X-Raid, estrutura que será também responsável pela assistência do seu carro.
    Leal dos Santos lidera ambições -

    Abandonado a sua veia mais aventureira de correr solo, o piloto de Coimbra terá este ano como companheiro de viagem o já repetente Pedro Pires Lima, ex-navegador de Luís Costa e exímio praticante de vela, numa contratação de última hora que veio colmatar a saída de Filipe Palmeiro.

    "A pedido do próprio Sven Quandt, director da X-Raid, chegámos a acordo no sentido do Filipe transitar para um BMW X3 oficial, a fim de navegar um piloto estreante, visto ser o único navegador com experiência consolidada neste carro", justificou Leal dos Santos. "Mas o Pedro será certamente uma boa aposta, dado a sua experiência no todo-o-terreno e ter já participado no Dakar 2006. Além disso, o acordo com a X-Raid revelou-se vantajoso para nós, já que como contrapartida passaremos a dispor de todos os seus serviços de assistência, a juntar ao apoio logístico incialomente previsto", frisou ainda.

    Quanto a objectivos, a mais promissora equipa a competir no sector auto, rebaptizada de Pioneeer Desert Team Delta Q, estipula como principal ambição, "em primeiro lugar, ser a melhor equipa nacional e, depois, lutar com as melhores formações 4x4 privadas, sendo a minha meta particular terminar no pódio reservado a esta classificação", pormenorizou o piloto, no regresso a um país (a Argentina) onde já venceu uma prova da Taça do Mundo, em 2004, então aos comandos de um quad.

    "Acho, sinceramente, que este Dakar vai ser o melhor de sempre, com paisagens lindíssimas, pessoas de enorme simpatia e pistas magníficas. No fundo, acredito que estão reunidas todas as condições para realizar uma boa prova e finalizar com um óptimo resultado", concluiu.AS

  3. #183
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Padock Competições inscreve maior continengente luso


    Mesmo se com metade dos carros com que tinha planeado disputar o último Lisboa-Dakar, a Padock Competições avança para a América do Sul com o estatuto de maior estrutura portuguesa à partida do Dakar 2009, inscrevendo três Toyota Land Cruiser preparados segundo as especificações do Agrupamento T2.

    Renovando a parceria com a Toyota France, a jovem equipa famalicense terá em Adélio Machado o seu único repetente, já que tanto Francisco Pita como Martine Pereira alinham na prova pela primeira vez.

    Recuperado a quase 100 por cento do acidente que protagonizou há um ano num teste em Marrocos, Adélio Machado avança para o seu terceiro Dakar com a ambição em alta: "Partimos os três em pé de igualdade e com o firme objectivo de colocarmos todos os carros no palanque de chegada, mas pessoalmente gostia de poder lutar pelo triunfo na categoria T2. Sinto-me bem preparado fisicamente e sei que conto com um carro muito bem preparado e bastante fiável".

    Falhada a estreia em 2008, Francisco Pita espera aproveitar "a experiência ganha no último Rali da Tunísia para "chegar ao fim e, principal objectivo, tentar ficar à frente do Adélio", prometeu o bem disposto homem do jet-sky. Mais comedido nas suas ambições, "já que praticamente desconheço o Toyota e a única experiência que tenho em competição é na Velocidade", Martine Pereira garante que tudo fará "para chegar ao final e, se possível, juntamente com as restantes equipas da Padock".

  4. #184
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão João Rosa espera vencer uma etapa


    Após duas tentativas falhadas, uma na década de 90 e outra no último Lisboa-Dakar, João Rosa vai finalmente cumprir o sonho de alinhar na principal prova do todo-o-terreno internacional.

    Com um orçamento de 75 mil euros e uma estrutura própria apoiada pela Yamaha Motor de Portugal, o antigo Campeão Nacional de Enduro a quatro tempos tem metas realistas para o seu primeiro Dakar: "O primeiro objectivo é, obviamente, terminar. Depois, se conseguisse um lugar nos 15 primeiros da geral já seria muito bom, além de uma vitória numa etapa da minha classe, a 450cc Produção".

    O piloto de Viana do Castelo guiará uma Yamaha WR 450F preparada em Espanha.AS

  5. #185
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Terminar é prioridade para a Dakar Teck


    Construída de raíz para o último Lisboa-Dakar, a moto portuguesa Dakar Teck viu a sua prova de fogo adiada para a edição deste ano.
    Terminar é prioridade para a Dakar Teck -

    Assim, Pedro Oliveira renova para este ano o objectivo de mostrar a resistência e a qualidade do projecto que desenvolveu em conjunto com a Universidade de Aveiro.

    O piloto de Vila Nova de Gaia, que entretanto obteve dois oitavos lugares no Rali da Tunísia e no Pax Rally, acredita ser possível vingar no todo-o-terreno com uma moto cujas únicas peças de origem são o quadro e o motor Yamaha de 450cc: "Construir e desenvolver uma moto é uma solução mais cara mas ao mesmo tempo mais interessante", refere.

    "Felizmente conseguimos comercializar a Dakar Teck para a Holanda e para a Alemanha, e inclusive neste Dakar teremos connosco uma piloto alemã, Cristina Mayer".

    A estrutura da Dakar Teck inclui um camião 6x6 que também dará assistência a outros pilotos. "Apesar da competição em si não ser o nosso principal objectivo, acredito que se chegar ao fim o farei numa boa posição", prevê Pedro Oliveira. AQS

  6. #186
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Top-10 é objectivo de Paulo Gonçalves


    Na sua terceira participação na prova, Paulo Gonçalves mantém os mesmos objectivos que tinha definido para o último Lisboa-Dakar.
    Top-10 é objectivo de Paulo Gonçalves -

    Um lugar nos dez primeiros e a vitória na classe 450cc são as metas do piloto de Esposende, agora um dos mais experientes do pelotão luso nas motos.

    "É um desafio novo para todos e, portanto, o sentido de descoberta será maior. Tenho os mesmos objectivos da última edição, apesar de ter tido menor tempo de preparação com a moto pois o embarque para Buenos Aires já foi a 27 de Novembro".

    Mesmo assim, "Speedy" tem confiança na CRF-X 450 apoiada pela Repsol Honda Europe. "A moto manterá as mesmas especificações do Dakar africano. Os terrenos serão diferentes mas talvez a principal dificuldade seja a altitude, por vezes acima dos 3.000 metros".

    Aos 29 anos, Paulo Gonçalves mantém a esperança de um dia envolver a Honda Japão a nível oficial e poder lutar pela vitória no Dakar à geral.AS

  7. #187
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bianchi Prata e Luís Ferreira estreiam BMW


    Encerrando um ciclo com a Yamaha, a equipa de Bianchi Prata dará início no próximo Dakar a uma parceria com a BMW Motorrad Portugal.
    Bianchi Prata e Luís Ferreira estreiam BMW -

    A estrutura de Vila Nova de Gaia inscreverá duas BMW G450 X para o líder da equipa, Pedro Bianchi Prata, e para o jovem Luís Ferreira, actual Campeão Nacional de Enduro.

    "Acredito que com esta moto podemos entrar nos dez primeiros da geral e lutar pela vitória na classe 450cc", antecipou Bianchi Prata. "As motos são de fácil condução e têm uma tecnologia revolucionária, com uma ciclística completamente diferente do que estava habituado. Em termos de percurso a prova vai ser uma incógnita, completamente diferente dos terrenos de Marrocos e Mauritânia. Esperámos que seja muito rápida pois preparámos as motos para maior velocidade de ponta".

    O estreante Luís Ferreira, por outro lado, será aos 21 anos o piloto mais novo do pelotão das motos. Falhado que foi o baptismo no último Lisboa-Dakar, e depois de quatro títulos no Motocross, o jovem Campeão de Enduro sabe que esta é uma prova "para aprender. A equipa está a apoiar-me a longo prazo para eu ganhar experiência, esperando que daqui a alguns anos possa lutar pelos pódios à geral".

  8. #188
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Hélder Rodrigues quer o pódio


    Com a ausência forçada de Rúben Faria, Hélder Rodrigues é o natural "ponta-de-lança" da comitiva portuguesa no pelotão das duas rodas.
    Hélder Rodrigues quer o pódio -

    Aos 29 anos, o piloto do Lagos Team dispõe das melhores condições de sempre na sua carreira e está motivado para melhorar o quinto lugar de 2007: "O meu objectivo é lutar pelo pódio. Se chegar pelo menos em terceiro, serei o piloto em prova com melhores resultados após três participações", sublinhou o piloto de Almargem do Bispo, que fez a sua estreia em 2006 com um nono lugar.

    Para preparar o seu primeiro Dakar aos comandos da potente KTM 690 Rally, Hélder Rodrigues esteve recentemente em Marrocos para duas semanas de testes: "Foi um treino muito benéfico, porque além de ter treinado bastante a navegação, alterámos algumas coisas na moto, principalmente a suspensão e a travagem. Este é, sem dúvida, um Dakar onde vou tentar marcar a diferença", prometeu o recém-coroado vice-Campeão do Mundo de TT na classe 450cc Rally Sport.

    Um resultado que deu confiança acrescida a um piloto que, recorde-se, tinha sofrido uma violenta queda na Argentina pouco tempo antes do Lisboa-Dakar 2008.

    Desta vez, o infortúnio atingiu Rúben Faria, o outro piloto em quem o Lagos Team apostava para trazer um bom resultado para Portugal. O acidente no último UAE Desert Challenge, no Dubai, resultou na fractura de uma vértebra (L2) e deixou o piloto de Olhão fora da principal prova do ano, por recomendação médica.

    "É óbvio que fico um pouco triste, sobretudo após uma temporada tão promissora em que conseguimos bater-nos com os melhores pilotos oficiais", lamentou o vencedor do Pax Rally. Ainda assim, o piloto do Lagos Team deixou uma mensagem de incentivo ao seu colega de equipa: "Que consiga o melhor para Portugal".

    AS

  9. #189
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Duelo de gigantes entre Man e Kamaz


    Embora continue a ser a menos mediática das três principais categorias que integram a enorme caravana do Argentina-Chile Dakar 2009, o peso desportivo da prova reservada aos camiões ganha força a cada ano que passa, crescendo o número de participantes e, sobretudo, os orçamentos milionários dos principais construtores envolvidos.
    Duelo de gigantes entre Man e Kamaz -

    Com 83 destes pesos-pesados a preencherem a lista de inscritos, é fácil constatar que nem a mudança de continente foi suficiente para travar a motivação de marcas, pilotos e equipas neste verdadeiro desafio que constitui a realização da prova transatlântica.

    Em termos regulamentares, não há muitas novidades a apontar face a 2008, existindo, em contrapartida, algumas dúvidas quanto à própria interpretação formal do regulamento. Na prática, o problema reside na interpretação livre das homologações de cada camião, situação que tem como consequência imediata o "congelamento" da escalada de custos ou, por outras palavras, a criação de condições para que autênticos protótipos voltem à estrada.

    Ainda assim e mesmo de forma não totalmente objectiva, é possível distinguir entre duas classes de camiões diferentes - Produção e Superprodução - mas também (e aqui o regulamento técnico é bastante mais claro) entre camiões até 10 litros de cilindrada e acima de 10 litros. Uma coisa é certa, confirmando ou talvez desculpando esta generalizada confusão regulamentar, o director de prova, Fabie Calvet, já deixou escapar a ideia de que, em 2009, "nenhum camião ficará de fora por não estar de acordo com o regulamento!".

    MAN ou Kamaz?

    Apesar de não estar tão bem definida como seria de esperar a fronteira entre as categorias de Produção e Superprodução, ninguém dúvida que será desta segunda classe que sairão os futuros vencedores, numa luta que oporá as equipas oficiais da MAN e Kamaz.

    No primeiro caso, Hans Stacey (na foto) levará para as "picadas" sul americanas um super-protótipo concebido por sete engenheiros da marca alemã e que percorreu já perto de 12 mil quilómetros de testes em Marrocos, tendo como principal argumento um motor com mais de 800 cavalos e um binário tão brutal quanto... secreto! Segundo em 2006 e vencedor em 2007, o holandês foi o grande responsável por colocar um ponto final em cinco anos de domínio Kamaz, garantindo para a MAN a sua primeira vitória absoluta na prova.

    Adiada em 2008, ninguém dúvida, porém, da contra-ofensiva russa. Visando um oitavo sucesso na categoria, a poderosa armada Kamaz volta a ter no "cazar" Vladimir Chaguin a sua principal figura, ou não exibisse já cinco vitórias no seu palmarés, contra apenas uma do seu compatriota e colega Firdaus Kabirov (2006). Com um novo e revisto motor de 16 litros, capaz de debitar perto de 850 cavalos de potência, novo amotortecedores e uma distribuição de peso ainda mais apurada, a armada Kamaz-Master contará ainda com a experiência de Ilgizar Mardeev num terceiro camião.
    Numa segunda linha, aparecem ainda os inevitáveis Ginaf equipados com motor Iveco de 11 litros, desta vez sem a liderança do patriarca Jan de Rooy (que decidiu redirecionar o seu projecto para o Africa Race), mas com a presença do filho Gerard de Rooy e dos holandes Wulfert van Ginkel e Marcel van Vliet, e ainda dos "pequenos" e ágeis Tatra, aqui representados pelo checo Ales Loprais (sobrinho do ainda recordista Karel Loprais, seis veses vezes vencedor da prova) e pelo brasileiro da Petrobras-Lubraz, André de Azevedo.

    Ao nível da recém-criada categoria Produção, onde competirá Elisabate Jacinto, o favoritismo vai direitinho para a japonesa Hino e o seu Team Sugawara, que além do potente motor de 8 litros e cerca de 500 cavalos exibe o camião mais ligeiro deste pelotão, mesmo no limitar do peso mínimo (750 toneladas) estabelecido para esta classe.

    AS

  10. #190
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Elisabete Jacinto: "Tentar o pódio da classe"


    Aos 44 anos, Elisabete Jacinto concretiza a sua décima partipação num Dakar, onde é presença assídua já desde 1998, primeiro no pelotão das duas rodas e, desde 2002, integrada na categoria dos camiões.
    Elisabete Jacinto: "Tentar o pódio da classe" -

    Fiel ao MAN M2000 que estreou na edição de 2007, a piloto do Montijo admite que não é fácil estabelecer um objectivo para esta edição: "Por não ter havido Dakar este ano e, entretanto, terem surgido novos camiões, as referências são muito poucas, sendo difícil situar-me em relação à concorrência. De qualquer forma, gostaria de estar entre os 15 primeiros à chegada, superando o resultado de há dois anos, quando fui 21ª em termos de geral, enquanto ao nível da classe onde se insere o nosso camião (até 10.000 cc de cilindrada) a minha secreta ambição é a de tentar chegar ao pódio, após o sétimo lugar de 2007", analisa Elisabete Jacinto, naturalmente motivada pelo excelente resultado obtido já este ano no Rali da Tunísia, onde foi segunda da classificação absoluta.

    De novo acompanhada por Álvaro Velhinho (navegador) e Marco Cochinho (mecânico), a piloto do Team Oleoban/MAN Portugal revela ainda as suas expectativas para a estreia do novo formato na América do Sul.

    "Primeiro que tudo, é importante perceber que o Dakar está bem vivo e que, depois da anulação da anterior edição, a Organização conseguiu encontrar uma alternativa que, tudo indica, será bastante válida. O figurino parece-me consistente e estou também segura que as pistas escolhidas vão permitir aos camiões evidenciarem todo o seu potencial".

  11. #191
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Camiões: Problemas elevados à potência...

    Uma das piores dores de cabeça para os participantes no Dakar é um camião capotado. Colocar sobre rodos um veículo de cinco toneladas nunca é uma tarefa fácil.

  12. #192
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão O camião vassoura do Dakar

    Longe da vista! Este é o veículo que todos os participantes do Dakar menos desejam ver no horizonte: O camião-vassoura, já que a sua chegada pressupõe o abandono. Veja o vídeo:

  13. #193
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão O percurso do "Dakar" Argentina-Chile 2009


  14. #194
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Os ases da bricolage no Dakar

    Os concorrentes do Dakar sabem que para terminar a prova necessitam sempre duma boa dose de sorte, e muitas vezes imaginação. As armadilhas do percurso são mais do que muitas e por vezes uma simples fita adesiva ou corda pode fazer a diferença toda. Bricolage ao mais alto nível.

  15. #195
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Um Mitsubishi completamente novo


Página 13 de 44 Primeiro ... 312 13 1423 ... Último

Tópicos Similares

  1. Passeio todo terreno
    Por cprcosta no fórum Convívios
    Respostas: 1
    Último Post: 22-12-2013, 21:55
  2. Road Books de Todo-Terreno
    Por satteam no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 7
    Último Post: 22-12-2009, 02:05
  3. Manuais de Viaturas Todo-o-Terreno
    Por F.B.I. no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 0
    Último Post: 03-01-2009, 23:03
  4. Todo o terreno
    Por Opium® no fórum Videos
    Respostas: 1
    Último Post: 26-04-2008, 23:33
  5. Todo-o-terreno no Piódão
    Por satteam no fórum Vídeos, Fotos e Eventos
    Respostas: 0
    Último Post: 28-03-2008, 00:52

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar