Página 19 de 44 Primeiro ... 918 19 2029 ... Último
  1. #271
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Pilotos lusos continuam em destaque nas motos


    Hélder Rodrigues e Paulo Gonçalves mantêm o bom andamento já evidenciado nos primeiros quilómetros da quinta etapa do Dakar Argentina-Chile, com os dois motards lusos a passarem no ponto de controlo ao km 170 dentro do top 10.

    Hélder Rodrigues passou nesse local em quinto lugar, a 7m43s do mais rápido, que continua a ser 'Cheleco' Lopez, demonstrando uma boa performance que o poderá fazer saltar mais alguns lugares na geral, caso mantenha o ritmo.

    Já Paulo Gonçalves passou ao km 170 no décimo posto, mostrando igualmente um bom andamento, confirmando as boas indicações dadas nas etapas anteriores.

    Marc Coma mantinha os mesmos 19 minutos de atraso para o líder.AS

  2. #272
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Pilotos britânicos em coma após acidente

    Os britânicos Paul Green e Matthew Harrison, que na etapa inaugural do Dakar sofreram um violento acidente, encontram-se em coma artificial, com ambos a terem um prognóstico reservado devido a problemas pulmonares.

    De acordo com o responsável da Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Santa Rosa, Jose San Emérito, Green sofre de "ferimentos graves no tórax e na coluna vertebral".

    "Estamos a tentar tirar os auxílios respiratórios", continuou o responsável à agência argentina Telam, acrescentando que "a sua situação é grave mas tem um prognóstico favorável, ainda que este tipo de ferimentos apenas se possam julgar consoante os dias vão passando e conforme as complicações apareçam.

    Quanto ao seu co-piloto. Matthew Harrison, a situação continua grave, aguardando-se mais evoluções nas próximas horas.

    Por enquanto, os dois estão em coma induzido, por forma a reduzir o nível de dor e facilitar os tratamentos.

  3. #273
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Stéphane Peterhansel lidera ao km 102


    Pela primeira vez desde que esta edição do Dakar se iniciou, a Mitsubishi dá sinais de rapidez, com Stéphane Peterhansel a liderar a quinta etapa dos automóveis à passagem do km 102.
    Stéphane Peterhansel lidera ao km 102 -

    O piloto do Racing Lancer cruzou aquele ponto de cronometragem com cinco segundos de vantagem sobre Robby Gordon, que está a demonstrar que o Hummer H3 também pode ser bastante competitivo no Todo-o-Terreno.

    Logo atrás da formação norte-americana surgia o Volkswagen de Dieter Depping, a 41 segundos de distância. O seu colega de equipa Mark Miller encontrava-se na posição seguinte, a 1m06s, ao passo que Luc Alphand era o quinto classificado.

    Novitskiy era o sexto, e o líder da geral, Carlos Sainz era o sétimo.

  4. #274
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Dakar'2009: Lista de participantes mortos

    FRANCÊS PASCAL TERRY É MAIS RECENTE NOME



    Lista dos concorrentes ou membros da caravana do Dakar'2009 que perderam a vida durante a prova:

    1979: Um jovem "motard" morre em Agadés, no Níger, quando se encontrava fora de corrida.

    1982: O piloto holandês de motos Bert Ooesterhuis morre na sequência de uma queda.

    1983: O "motard" francês Jean-Noel Pineau é colhido mortalmente por um carro, a 100 quilómetros do final de uma etapa que terminava em Ougadougou.

    1986: O piloto japonês Yasuo Kaneko morre na sequência de um acidente com a sua moto, quando se encontrava a efectuar o percurso entre Paris e Sete, em França.

    A queda de um helicóptero provoca a morte dos seus cinco ocupantes, entre os quais o organizador e fundador do rali, Thierry Sabine, o cantor Daniel Balavoine, a jornalista Nathalie Odent, o piloto François-Xavier Bagnoud e Jean-Paul Le Fur, técnico da Rádio Televisão do Luxemburgo.

    O italiano Giampaolo Marinoni morre 48 horas depois de terminar um percurso. Durante o mesmo, uma queda provocou graves lesões no fígado do piloto, tendo este, no entanto, prosseguido em prova sem se dar conta da gravidade dos ferimentos.

    1988: Naquela que foi a 10¦ edição do Dacar morrem seis pessoas: o piloto de camião holandês Kees Van Loevezijn, o piloto francês Patrick Canado (Automóveis), o "motard" Jean-Claude Hugger, uma criança da aldeia de Kitta, no Mali, e uma mulher e um menino na Mauritânia.

    1991: O francês Charles Cabannes, piloto de um camião de assistência da Citroen, morre vítima de disparos, em Im Kaduane, no Mali, na sequência da troca de tiros disparados pela população tuareg do norte.

    1992: O camião de assistência dos franceses Jean-Marie Sounillac e Laurent Le Bourgeois despista-se quando chegava à meta da segunda etapa e causa a morte dos seus dois ocupantes.

    Morre o francês Gilles Lalay, vencedor do Dacar em 1989, após chocar com a sua moto Yamaha contra um veículo de assistência médica.

    1994: O "motard" belga Michel Sansen, de 59 anos, morre na sequência de uma queda sobre uma pista de areia, numa edição em que também é vítima uma criança senegalesa, atropelada por um veículo de assistência médica.

    1996: O francês Laurent Gueguen, piloto de um dos camiões em prova, morre após chocar com uma mina abandonada durante a quinta etapa do percurso.

    1997: O francês Jean-Pierre Leduc, da KTM, morre na sequência de uma queda da sua moto quando efectuava a passagem ao 247.º quilómetro da segunda etapa, disputada entre a localidade senegalesa de Tambacunda e Kayes, no Mali.

    2002: O preparador de veículos da equipa Toyota Trophy, Daniel Vergnes, morre quando se dirigia para Tidjikja (Mauritânia), a meta da 11.ª etapa.

    2003: O co-piloto francês Bruno Cauvy, acompanhante do seu compatriota Daniel Nebot, morre num acidente numa travessia das dunas durante a 10.ª etapa, disputada na Líbia.

    2005: O motard amador espanhol José Manuel Perez morre quatro dias depois de ter caído durante a sétima etapa, disputada entre Zouerat e Tichit, na Mauritƒnia.

    Um dia depois da morte de Perez, morre o motard italiano Fabrizio Meoni, duplo vencedor do Dacar em 2001 e 2002, vítima de uma queda durante a 11¦ etapa, disputada entre Atar e Kiffa, igualmente na Mauritƒnia.

    2006: O motard australiano Andy Caldecott (KTM) morre vítima de uma queda durante a nona etapa da prova, disputada entre Nouakchott e Kiffa, na Mauritƒnia.

    2007: O motard sul-africano Elmer Symons (KTM) morre vítima de uma queda durante a quarta etapa, disputada entre Er Rachidia e Uarzazate, em Marrocos.

    O "motard" francês Eric Aubijoux (Yamaha), de 42 anos, é vitimado por uma paragem cardíaca na ligação da penúltima etapa, entre as cidades senegalesas de Tambacunda e Dacar.

    2009: O motard francês Pascal Terry foi encontrado morto, dois dias depois de estar a ser procurado pela organização da prova, que pela primeira vez se disputa na Argentina e Chile. O piloto, que se estreava no Dakar, foi encontrado numa zona de difícil acesso, numa área com vegetação densa.

    "Rc"

  5. #275
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Elisabete Jacinto abandona "Dakar"


    Os dois carros arderam completamente na sequência do acidente.
    O Dakar Argentina-Chile terminou de forma inglória para a portuguesa Elisabete Jacinto, que se viu obrigada a abandonar depois um acidente em que se viu envolvida com o buggy de Yvan Muller.
    Elisabete Jacinto abandona "Dakar" -

    A piloto da Team Oleoban Man Portugal estava a realizar uma boa prova, tendo ontem recuperado diversas posições, o que lhe valeu o 21º lugar à partida para a etapa de hoje.

    Contudo, ao km 40, um choque com o carro do piloto francês, campeão do WTCC em 2008, obrigou ao abandono de ambos os concorrentes, já que tanto a viatura do francês como a de Elisabete Jacinto se incendiaram. De acordo com as últimas informações, não existem feridos a registar.

    De acordo com Elisabete Jacinto, pouco havia a fazer para evitar o sucedido: "Rodava no pó do buggy do Yvan Muller, e de repente ele teve um problema, e eu toquei no carro dele. Não se via nada e as duas viaturas acabaram por ficar enganchadas. Deu-se um princípio de incêndio, que em poucos minutos consumiu o meu camião e o buggy dele.", referiu Elisabete Jacinto.AS

  6. #276
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Lopez domina; Portugueses consistentes no Top 10


    Francisco 'Chaleco' Lopez continua a liderar a quinta etapa das motos, num dia em que Hélder Rodrigues e Paulo Gonçalves (na foto) têm estado em muito bom plano. À passagem do km 366 Rodrigues era sexto, a 16m34s e Gonçalves o décimo, a 31m11s.
    Lopez domina; Portugueses consistentes no Top 10 -

    Atrás do piloto da Lagos Team estava, no entanto, Marc Coma, que depois de um furo logo na manhã tem vindo a recuperar terreno a todos os adversários. Naquele ponto de cronometragem, 17 segundos separavam o luso do líder da geral.

    Mais atrás, Paulo Gonçalves tem dado boa conta de si, rodando de forma consistente entre os dez mais rápidos, cotando-se como o décimo mais veloz.

    Na frente, e aproveitando o percalço de Coma, Lopez conseguiu abrir 5m59s para o segundo, Jonah Street.AS

  7. #277
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Dieter Depping no comando ao km 301


    Dieter Depping, em Volkswagen, ascendeu à liderança da quinta etapa dos automóveis, que liga Nenquén a San Rafael, deixando atrás de si o árabe Nasser Al-Attiyah.
    Dieter Depping no comando ao km 301 -

    Depping dispunha, ao km 301 de 1m08s de vantagem sobre o piloto da BMW, que continua, por sua vez, a batalha com Carlos Sainz. Entre os dois existem apenas 51 segundos de diferença, com o piloto espanhol a não querer perder tempo na batalha pela geral.

    Atrás de Sainz aparece o Mitsubishi de Stéphane Peterhansel, agora já a mais de dois minutos da liderança. Em quinto aparece Mark Miller, uma posição à frente de Orlando Terranova.

    Alphand, De Villiers, Chichérit e Roma completam o lote dos dez mais rápidos.

    Quanto aos portugueses, o último registo data do km 102, com Ricardo Leal dos Santos a surgir em 54º, a 1h41m39s. Já dos outros pilotos lusos, as últimas referências são do km 31, com Francisco Inocêncio no 58º lugar, então a 30m19s de atraso, Francisco Pita no 61º, a 32m23s, Nuno Inocêncio no 88º posto a 50m24s, Martine Pereira em 91º a 51m44s e Adélio Machado era 107º, a 1h04m18s.AS

  8. #278
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Morte de Pascal Terry no Dakar envolta em mistério

    O motard françês Pascal Terry, foi, como se sabe, encontrado morto durante a noite de ontem para hoje.
    Morte de Pascal Terry no Dakar envolta em mistério -

    O piloto tinha desaparecido no domingo, durante a segunda etapa realizada entre Santa Rosa e Puerto Madryn. No comunicado oficial é divulgado que o motard se abrigou à sombra, a cerca de 15 metros da sua moto, tirou o capacete e tinha água e comida.

    Ao que se julga, o piloto da Yamaha tinha informado a organização no domingo à tarde, que tinha ficado sem gasolina, mas teria pedido gasolina a outro concorrente de modo a prosseguir. Contudo, a sua posição na estrada não se modificou e as tentativas de contactá-lo revelaram-se infrutíferas.

    Entretanto, em Paris a organização foi prevenida do accionamento da "balise" - que como se sabe, serve para casos em que os pilotos se perdem, ou situações de emergência - mas a informação só "regressou" à organização, na Argentina, um dia depois, já na segunda-feira ao início da tarde.

    A organização no local, em conjunto com as autoridades, iniciaram as buscas, inicialmente sem sucesso e só na noite passada foi descoberto o piloto, já sem vida:

    "A morte de Pascal Terry teve lugar há vários dias e posteriormente houve um grave problema na cadeia de comunicações entre 4 e 5 de Janeiro. Para já, inexplicáveis! A informação da "balise" chegou a Paris a 4 de Janeiro de e a informação só nos chegou dia 5 ao início da tarde.", referiu Etienne Lavigne, director do Dakar.

    Muito naturalmente a polícia local vai proceder a averiguações relativamente as circunstâncias que rodeiam esta morte.AS

  9. #279
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Jonah Street vence tirada; Rodrigues foi quinto

    Os portugueses Hélder Rodrigues e Paulo Gonçalves estiveram em destaque na quinta etapa em motos do Dakar Argentina-Chile, rubricando excelentes prestações numa tirada que teve no norte-americano Jonah Street (KTM) o vencedor 'surpresa'.

    Isto porque o chileno Francisco 'Chaleco' Lopez (KTM) liderou quase toda a etapa, que ligava Nequém a San Rafael, tendo passado ao km 476 com 6m18s de vantagem sobre Street.

    Contudo, o azar de uns é a sorte de outros, e à chegada Jonah Street foi o mais rápido, com 5m53s de avanço sobre o holandês Frans Verhoeven, que também subiu um lugar face ao reduzido andamento do piloto chileno.

    Lopez, que terá sofrido algum problema, terminou em terceiro, a 7m34s do mais rápido, ao passo que David Casteau terminou em quarto, já a 9m36s.

    Em quinto ficou o português Hélder Rodrigues, em mais um grande desempenho do piloto da Lagos Team, perdendo apenas 10 minutos para Street e batendo Frétigné, Ullevalesetter, Desprès e Marc Coma.

    Para o líder da geral, a etapa esteve longe de ser fácil, mercê de um furo pouco depois da tomada de tempos ao km 31 que o fez perder mais de 19 minutos, dos quais recuperou cerca de sete minutos.

    Portugueses lutam no top 10

    Para os principais pilotos portugueses, a etapa de hoje revelou-se bastante positiva, com Hélder Rodrigues e Paulo Gonçalves a intrometerem-se de forma consistente no top 10. O piloto da Lagos Team foi mesmo um dos principais destaques do dia, confirmando a melhoria de forma que já vinha resgistando nas três ultimas etapas. O quinto lugar na etapa acaba por ser um excelente resultado para o piloto português.

    Já Gonçalves também conseguiu colocar a sua Honda de forma regular dentro dos dez primeiros, chegando ao final da etapa em 11º, a 35m24s, em mais uma boa prestação do piloto da Repsol Honda Europe.
    AS

  10. #280
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Camião a arder dita adeus de Elisabete Jacinto ao Dakar'2009

    ACIDENTE COM O "BUGGY" DO FRANCÊS YVAN MULLER



    A edição de 2009 do Dakar, agora disputado na América do Sul, mais concretamente entre Argentina e Chile, terminou de forma inglória para a portuguesa Elisabete Jacinto, que se viu obrigada a abandonar a competição depois um acidente em que se viu envolvida com o "buggy" de Yvan Muller.

    A piloto da Team Oleoban Man Portugal estava a realizar uma boa prova, tendo terça-feira recuperado diversas posições, o que lhe valeu o 21º lugar à partida para a etapa de quarta. Contudo, o azar bateu-lhe à porta e foi forçada a desistir.

    Ao quilómetros 40 da etapa, um choque com o carro do piloto francês Yvan Muller, campeão do WTCC em 2008, obrigou ao abandono de ambos os concorrentes, já que tanto a viatura do gaulês como a de Elisabete Jacinto se incendiaram por completo.

    Felizmente, nada de grave aconteceu com os participantes, que sairam ilesos do choque.

    De acordo com Elisabete Jacinto, pouco havia a fazer para evitar o sucedido: "Rodava no pó do 'buggy' do Yvan Muller, e de repente ele teve um problema, e eu toquei no carro dele. Não se via nada e as duas viaturas acabaram por ficar enganchadas. Deu-se um incêndio, que em poucos minutos consumiu o meu camião e o 'buggy' dele.", referiu Elisabete Jacinto."Rc"

  11. #281
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão De Viiliers vence etapa; Sainz perde liderança

    Num dia difícil para os líderes, foi o sul-africano Giniel de Villiers a dar à Volkswagen o triunfo na quinta etapa do Dakar Argentina-Chile, ao passo que Carlos Sainz terminou a mais de 15 minutos do primeiro, perdendo assim o primeiro lugar na geral para Al-Attiyah.

    Foi um final de etapa problemático para o piloto espanhol, que nas dunas argentinas perdeu o capot do seu VW, num problema que não foi exclusivo do VW do espanhol - o Mitsubishi de Stéphane Peterhansel padeceu de maleita semelhante, mas com o 'portão' traseiro do seu Racing Lancer.

    A fase de dunas deverá ter sido, aliás, um elemento decisivo no resultado de hoje, já que até essa fase Sainz rodava em tempos próximos dos líderes da etapa.

    Com o resultado da etapa de hoje, o piloto espanhol cede a liderança da geral para Nasser Al-Attiyah, que terminou a tirada em quarto, a 5m23s de Villiers.

    Logo atrás de de Villiers na etapa ficou Dieter Depping, segundo noutro carro da marca alemã, a 2m18s, ao passo que o norte-americano Robby Gordon pilotou o seu Hummer até ao terceiro lugar, a 4m12s. Em quarto ficou, então, Al-Attiyah, ao passo que Peterhansel foi o quinto e Miller o sexto.

    Assim, na classificação geral, o piloto do Qatar lidera com 2m24s de avanço sobre de Villiers, enquanto que Sainz caiu para terceiro, agora a 6m33s.

    Quanto aos pilotos lusos, ainda nenhum alcançou a meta. Mais informações assim que disponíveis.

  12. #282
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bianchi Prata sobe na geral; Luís Ferreira abandona


    Tal como já se suspeitava, o motard Luís Ferreira, da equipa Bianchi Prata/CIN, que ontem na 4ª etapa furou o radiador da sua BMW G 450 X, não conseguiu chegar a tempo da partida para a 5ª Etapa deste Dakar.
    Bianchi Prata sobe na geral; Luís Ferreira abandona -

    Autor de uma prova sem mácula até então, Luís Ferreira não teve a sorte pelo seu lado nesta primeira edição do Dakar sul-americano. E, apesar de ter lutado contra o tempo para reparar os danos causado à moto com a esperança de chegar à zona de partida antes de ser tarde de mais, os muitos quilómetros que tinha pela frente para conseguir terminar a 4ª etapa não permitiram que isso acontecesse.

    "Não consegui chegar a tempo ao acampamento. O meu objectivo era mesmo chegar ao fim deste rally, um sonho que fica por concretizar no próximo Dakar, espero eu", começou por explicar o piloto, visivelmente desiludido.

    "É muito difícil lidar com a desilusão mas faz parte e quem corre nestas provas sabe que da mesma forma que pode correr bem, pode correr mal. É frustrante porque para uma primeira participação no Dakar, até estava a andar bem. Estava a gostar muito e sabia que na 5ª etapa teria que enfrentar muitos quilómetros de dunas, um percurso duro mas que ia gostar muito. Não sei que mais dizer, vou ficar por cá e apoiar o Pedro. Viemos cá como uma equipa e vamos regressar à casa uma equipa também."

    Quanto ao seu colega de equipa, Pedro Bianchi Prata, arrancou para a etapa em 71º lugar, chegou ao CP2 em trigésimo primeiro e acabou em 35º, em mais um grande resultado, com uma consequente subida na classificação geral para quadragésimo quarto e que ainda poderá melhorar, caso a organização deduza os cerca de 45 minutos que o piloto esteve parado na 4ª etapa com João Rosa. Coerente, consistente e sempre a preservar a sua BMW G 450 X, o piloto portuense continua optimista e confiante, apesar de ter classificado a etapa de hoje como "a mais difícil até agora".

    "Hoje foi um dia muito, muito duro. Foram muitas horas a andar sempre muito concentrado para evitar erros e para ganhar terreno. Andei sempre com um ritmo certo, quis preservar a moto", observou.

    Prata teve na parte final, a sua melhor fase, o que o piloto explicou também: "não quis estar a desgastar-me logo de inicio quando sabia que o fim da especial seria a parte mais exigente a nível físico. Os últimos 80km foram de dunas e muita areia, que depois de andar tantas horas seguidas acabou por ser complicado".

    Para amanhã, as dificuldades não prometem ser menores. "Amanhã também começamos com cerca de 60km de dunas portanto já deu para perceber com o que vamos contar! O cansaço começa-se a sentir, mas estou bem, com força e motivado para chegar ao fim entre os lugares da frente." AS

  13. #283
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Hélder Rodrigues "muito satisfeito" com etapa


    Hélder Rodrigues (KTM) esteve hoje em plano de evidência no Dakar Argentina-Chile, ao terminar o dia na quinta posição, num troço cronometrado de 506 quilómetros feito ao ataque.
    Hélder Rodrigues "muito satisfeito" com etapa -

    Após a realização de quatro etapas onde a caravana do rali rodou, no geral, na defensiva, a quinta etapa teve um sabor a Dakar, com as primeiras dunas e um piso muito diversificado a dar vantagem aos pilotos mais experientes. Enquadrado nesse lote, o piloto da Lagos Team que teve, como melhor resultado no Dakar, um quinto lugar em 2007 subiu para o sexto lugar da geral, afastando-se dos franceses David Casteu e Cyril Despres que ocupam agora os 8º e 10º lugares, respectivamente.

    "[Fui] décimo terceiro a arrancar para a etapa, fiz um óptimo início de especial, ocupando o quinto lugar ao quilómetro 102, dez segundos atrás do holandês Franz Verhoeven" referiu o português.

    "No CP1 alcancei o Top 5, adiantando-me ao Zé Hélio, Casteu e Verhoeven, que me deu bastante confiança até ao final da etapa. Foi verdadeiramente uma bela jornada", acrescentou.

    Mas na parte final o piloto português foi protagonista de uma grande ofensiva que se traduziu num quinto lugar na etapa, ganha pelo norte-americano Jonah Street, que surpreendeu nos últimos quilómetros.

    Depois de uma etapa verdadeiramente ao ataque Hélder Rodrigues referiu: "A etapa de hoje correu muito bem. Ataquei forte principalmente na parte final e estou satisfeito pela recompensa que significa o quinto mais rápido na etapa e a subida de mais dois lugares na classificação geral" acrescentando que "a partir daqui vai ser complicado ganhar mais lugares, mas não impossível".ASQ

  14. #284
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Stéphane Peterhansel às portas do abandono


    No seu palmarés, Stéphane Peterhansel acumula nove vitórias no Dakar, seis das quais nas motos, as restantes com o Mitsubishi Pajero.
    Stéphane Peterhansel às portas do abandono -

    Este ano, os adeptos da maratona - agora sul-americana - podem estar apenas a algumas horas de "perderem" o pluri-vencedor da prova, já que na sequência dum aparatoso capotanço, os mecânicos da Mitsubishi irão passar a noite toda a tentar recuperar o Racing Lancer, mas a verdade é que só pela manhã se saberá se o carro estará em condições de regressar à "estrada":

    "Capotámos a cerca de 15 kms do final da etapa, isto imediatamente antes de termos de transpor uma enorme duna. Foi um choque violento e rodámos os derradeiros quilómetros sem radiador, o que poderá ter danificado sertiamente o motor. Terminámos a etapa "presos por cordas" e eu acho que ficamos por aqui. Não sei, amanhã se vê!", referiu Peterhansel.

    As

  15. #285
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Carlos Sainz: "Tive de 'atacar' as dunas de frente e acabámos por capotar"


Página 19 de 44 Primeiro ... 918 19 2029 ... Último

Tópicos Similares

  1. Passeio todo terreno
    Por cprcosta no fórum Convívios
    Respostas: 1
    Último Post: 22-12-2013, 21:55
  2. Road Books de Todo-Terreno
    Por satteam no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 7
    Último Post: 22-12-2009, 02:05
  3. Manuais de Viaturas Todo-o-Terreno
    Por F.B.I. no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 0
    Último Post: 03-01-2009, 23:03
  4. Todo o terreno
    Por Opium® no fórum Videos
    Respostas: 1
    Último Post: 26-04-2008, 23:33
  5. Todo-o-terreno no Piódão
    Por satteam no fórum Vídeos, Fotos e Eventos
    Respostas: 0
    Último Post: 28-03-2008, 00:52

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar