Página 21 de 44 Primeiro ... 1120 21 2231 ... Último
  1. #301
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Sétima etapa do Dakar encurtada


    Esta primeira edição do Dakar Argentina-Chile está-se a revelar mais difícil do que inicialmente se supunha.
    Sétima etapa do Dakar encurtada -

    Depois da etapa de ontem já ter sido encurtada, a de hoje, que liga Mendonza a Valparaiso, no Chile, viu também a sua distância ser reduzida.

    A organização tomou a decisão devido às dificuldades sentidas ontem pela maioria dos pilotos para atravessar os últimos cordões de dunas. Assim, a etapa de hoje, irá ter apenas 243,36km de especial cronometrada, terminando no CP1.

    Para além disso, apenas as motos e os carros irão competir, anulando-se a prova dos camiões.

    AS

  2. #302
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Francisco Lopez vence tirada; Rodrigues foi 11º


    Francisco 'Chaleco' Lopez foi o vencedor da sétima etapa do Dakar Argentina-Chile, que ligou Mendoza a Valparaiso, numa tirada que foi encurtada para 243,36km dos 419 previstos, conseguindo a sua primeira vitória na prova.
    Francisco Lopez vence tirada; Rodrigues foi 11º -

    O motard chileno, que já havia estado bem perto de um triunfo numa especial na quarta-feira, não deixou fugir a oportunidade e colocou-se na luta pela vitória logo desde os primeiros quilómetros, fazendo face a Marc Coma, líder da geral, e que terminou a etapa em segundo lugar, a 3m57s.

    Em terceiro ficou o francês Cyril Desprès, em franca recuperação, tendo finalizado a especial a 5m21s do primeiro, ao passo que Fretigné e Casteau ocuparam o qaurto e quinto lugar respectivamente.

    Entre os portugueses, o melhor voltou a ser Hélder Rodrigues, da Lagos Team, que terminou em 11º, a 19m06s do mais veloz, tendo adoptado um ritmo mais cauteloso. Pouco atrás na classificação surge Paulo Gonçalves, que levou a sua Honda ao 16º posto, a 28m48s. Pedro Biachi Prata chegou ao final da etapa no 46º posto, perdendo mais 1h01m33s para o líder.

    Na geral, Coma continua a liderar, com 51m22s de avanço sobre Jonah Street e 52m31s sobre Fretigné. Hélder Rodrigues continua a ser o melhor português, estando agora em sétimo, ao passo que Paulo Gonçalves é o 13º. Pedro Biachi Prata é o 41º, a 7h35m46s.AS

  3. #303
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Carlos Sainz em busca da liderança


    Carlos Sainz está de novo ao ataque no Dakar Argentina-Chile, com a prova a entrar hoje em solo chileno.
    Carlos Sainz em busca da liderança -

    À passagem do km 139, o piloto espanhol da Volkswagen liderava com 1m45s de vantagem sobre o Mitsubishi de Juan Roma.

    O espanhol tem sido o mais rápido ao longo de toda a tirada, construindo uma pequena margem sobre o piloto do Racing Lancer, ao passo que o terceiro era Mark Miller, noutro Volkswagen, já a 2m57s.

    Robby Gordon, ao volante do Hummer H3, que no primeiro posto de cronometragem era segundo, pouco atrás de Sainz, passou ao km 139 no quarto lugar, a 3m44s, logo na frente de Guerlain Chichérit e de Giniel de Villiers, quinto e sexto, respectivamente.

    Os pilotos lusos ainda não passaram por aquele ponto de tomada de tempos.

  4. #304
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Hélder Rodrigues: "Agora é que vêm as dunas a sério"


    Hélder Rodrigues continua a ser o melhor português, num dia em que a etapa voltou a ser encurtada. Desta feita o homem do Lagos Team terminou na 11ª posição a sétima etapa, uma especial com mais de 100 quilómetros de areia na fase inicial, e que marcou a entrada no Chile, onde se atravessarão os Andes.

    A tirada voltou a ser encurtada sendo a chegada registada no CP1, ao quilómetro 243, de modo a atenuar a fadiga que muitos participantes sentiram, ontem, na passagem das últimas dunas da etapa.

    Situação sobre a qual o piloto patrocinado pela TMN comentou: "De facto este Dakar está a ter passagens bastante difíceis e cansativas, principalmente para nós que participamos em motos. Felizmente tenho dormido 4 a 5 horas, por noite, e consigo assim retomar energias, o que já não acontece com muitos motards que chegam fora de horas."

    Partindo de sétimo, Hélder Rodrigues esteve mais cauteloso rodando nas 10ª e 11ª posições para terminar às portas do Top Ten. Com o resultado de hoje, o piloto português desceu um lugar na classificação geral, ocupando agora a sétima posição, atrás do francês Cyril Despres que terminou a especial no 3º posto. O chileno, Francisco Lopez, venceu a etapa rubricando a sua primeira vitória nesta edição do Dakar.

    "O Cyril está a andar muito forte, por isso já estava a prever que ele me passasse na classificação geral. Ainda falta muito rali e estou ainda numa boa posição para recuperar posições. Agora vêm as dunas a sério, onde costumo estar à vontade. O mais importante é que me sinto bem fisicamente, a moto não me tem dado problemas e estou com a confiança em alta, para enfrentar a segunda metade deste Dakar" Comentou o piloto Lagos Team/TMN.

    Classificação oficiosa da sétima etapa (motos)
    1.º Francisco Lopez em 2h 36min 09s
    2.º Marc Coma, a 3min 57s
    3.º Cyril Despres, a 5min 21s
    ...
    11.º Hélder Rodrigues, a 19min 06s
    Classificação geral oficiosa após 7 etapas (motos)
    1.º Marc Coma em 26h 23min 47s
    2.º Jonah Street, a 51min 22s
    3.º David Frétigné, a 52min 31s
    4.º Pal Ullevalseter, a 1h 24min 01s
    5º. Jordi Viladoms, a 1h 24min 19s
    6º. Cyril Despres, a 1h 35min 23s
    7.º Hélder Rodrigues, a 1h 42min 12s
    AS

  5. #305
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Pedro Bianchi Prata: "Não arrisquei e andei certinho sem cometer erros"


    Pedro Bianchi Prata optou hoje por colocar-se à margem das armadilhas do percurso, tendo optado por não andar muito rápido, de modo a assegurar que não tem grandes contratempos. A táctica resultou, já que o piloto não teve problemas a registar.

    A especial, originalmente prevista com mais de 400km, foi reduzida para 243km com fim no CP1 para os carros e as motos, sendo que esta etapa para os camiões foi cancelada.

    Pedro Bianchi Prata conta como correu esta 7ª etapa composta por troços de muita areia, pó fesh-fesh, zonas alagadas e pistas rápidas.

    "Foi uma etapa sem muita piada. Com 240km pela frente antes de reabastecer, estava com receio de ficar sem gasolina pelo caminho e para não arriscar andei certinho, sem cometer erros. Havia pistas rápidas de areia em que não acelerei muito. Apanhamos uma parte de pó fesh-fesh e algumas zonas alagadas em que tínhamos que desviar da pista para evitar a água. Em geral correu bem. Mas ainda faltam 7 etapas, ainda muita coisa vai acontecer! Estou com ânimo e com vontade de ver o que vem aí."

    Hoje a ligação de cerca de 300km que dá entrada para o Chile, tem como destino a cidade Valparaiso. Uma cidade na costa do mar pacífico, eleita como o sítio ideal para os pilotos aproveitarem do seu único dia de descanso nesta prova.

    AS

  6. #306
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Ricardo Leal dos Santos a caminho do Chile


    Ricardo Leal dos Santos e Pedro Pires de Lima, em BMW X5 estavam esta manhã a 20 quilómetros do CP1 da 6ª etapa do Dakar Argentina Chile. As más condições climatéricas e a extrema dureza que têm marcado últimos dias do rali, impediu quase meia centena de participantes de chegar ao final da especial de ontem, pelo que o piloto do Pioneer Desert Team Delta Q se viu obrigado a permanecer mais uma noite ao relento.

    Perante estas condições, a organização da prova deu autorização de partida para o sector selectivo de hoje a todos os pilotos que chegassem ao CP1 da 6ª etapa.

    As últimas informações de que dispomos, indicam que este grupo se dirige já para o início do sector selectivo de uma etapa que os levará até Valparaiso no Chile onde gozarão de um merecido dia de descanso.

    AAS

  7. #307
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Volkswagen a caminho da vitória no Dakar


    Hoje foi a vez de Stéphane Peterhansel desistir
    Nova etapa e nova grande modificação na classificação geral, com a passagem de Carlos Sainz novamente para o comando da corrida. Esta tem sido uma semana onde muito sucedeu, mas os grandes destaques vão inevitavelmente para a desclassificação de Nasser Al-Attiyah e a hecatombe entre os homens da Mitsubishi, que nesta altura da corrida já perderam três dos quatro carros com que iniciaram a prova.
    Volkswagen a caminho da vitória no Dakar -

    Hoje foi a vez do último e pluri-vencedor do Dakar, Stéphane Peterhansel ter tido problemas. Ao quilómetro 57, o seu Mitsubishi Racing Lancer teve um princípio de incêndio e cerca de vinte quilómetros mais tarde, o seu carro voltou a parar, desta feita devido a sobreaquecimento do motor. A sua aventura no Dakar terminou uns instantes mais tarde, aparentemente devido a avaria do motor. Foram 48 horas de autêntico pesadelo para os homens da marca dos três diamantes, que agora só têm Nani Roma em prova, na quarta posição, a cerca de meia-hora do líder, Sainz. "Só" tem três Volkswagen à sua frente.

    Para os homens da Volkswagen, a vitória está bem mais perto do que nunca, mas a verdade é que com os Andes pela frente, certezas, é algo que ninguém tem num Dakar que está a ser um dos mais difíceis de sempre para toda a caravana. Em África, muitas vezes se ouviu falar de concorrentes que só chegam ao bivouac na manhã seguinte, mas aqui, Ricardo Leal dos Santos, por exemplo, já por duas noites pernoita fora do acampamento, pelo simples facto que não consegue passar as armadilhas das etapas. E como ele, há muitos mais!AS

  8. #308
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Trabalhadores de apoio logístico morrem em acidente de circulação


    De acordo com o programa "El Larguero" da espanhola Cadena Ser, o Dakar teve mais duas vítimas mortais. Ao que parece, as fatalidades aconteceram em sequência de um acidente de estrada entre um camião de apoio logístico ao Dakar Argentina-Chile e outro veículo particular, na estrada entre La Serena e Ovalle, isto de acordo com informações policiais.

    Os dois falecidos são Roberto de la Cruz Vera, de 58 anos, e Freddy Fabián Arucutipa, cidadão peruano de 32 anos, sendo que o acidente teve mais dois feridos graves como consequência.

  9. #309
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Adélio Machado: "Nunca tinha visto um Dakar tão duro e destruidor"


    Adélio Machado esteve novamente em destaque na etapa de ontem, demonstrando todas as suas capacidades de pilotagem nas areias argentinas da Cordilheira dos Antes, antes da passagem para território chileno, após duas infernais etapas sob condições atmosféricas muito difíceis.
    Adélio Machado: "Nunca tinha visto um Dakar tão duro e destruidor" -

    Com a Cordilheira dos Andes no seu horizonte, Adélio Machado não se deixou abater pelo grande desgaste provocado pelas duas últimas especiais em que esteve entre os mais rápidos do agrupamento T2, voltando a realizar uma prova de grande sofrimento e cuidada: "nunca será de mais repetir: ainda só vamos a meio e a caravana começa a dar sinais de fraqueza! Temos o exemplo das equipas oficiais que a cada dia que passa vão perdendo pilotos", explicou o piloto, lembrando a grande difiucldade que este Dakar está a levantar aos pilotos.

    "Este Dakar tem sido muito duro e, nada melhor do que dosear o andamento e poupar a mecânica do Toyota. As duas anteriores etapas foram muito desgastantes, hoje voltámos a ter areia com muita lama e temperaturas altas. Passamos muitas dificuldades na região montanhosa, por diversas vezes ficamos atolados e ainda tivemos que rebocar dois carros franceses e o carro de assistência rápida da nossa equipa. Para além de correr ainda fui bombeiro! Era por e tirar prancha, atar e desatar cinta, isto é mesmo duro", acrescentou.

    "A parte final era bem mais rápida mas com algumas ratoeiras, muito fesh-fesh e areia lamacenta e escorregadia, O carro levou uma tareia, passei por mais de vinte jipes mal tratados e com capot aberto, rodas escachadas, enfim, nunca tinha visto um Dakar tão duro e destruidor" contou o piloto da Padock Competições que mantém a posição de líder entre as equipas portuguesas e numa posição bem acima da divulgada no site do Dakar: "o que me foi dito foi que as classificações ainda não se encontram com as penalizações devidas. Ontem quando cheguei ao final da etapa era o 32º carro no bivouc e tive uma ordem de partida muito superior! Espero que tudo seja rectificado no dia de amanhã. A própria ASO está um pouco fora da prova, perdeu por completo o controlo da classificação e, não será fácil resolver esta situação pacificamente. Se levar à risca o regulamento, ficamos reduzidos a meia centena, tal foi o elevado número de equipas que falharam os pontos de passagem".

    Com sete das catorze etapas cumpridas, o piloto da Padock Competições transmite um sentimento de dever cumprido: "muito sinceramente não esperava tantas dificuldades, mas, o Dakar é isto mesmo, uma prova dura que testa a nossa resistência física e a mecânica do automóvel. Com a prova a meio, sinto que tenho cumprido, com um ou outro resultado menos conseguido. Talvez o objectivo de vencer esteja um pouco mais difícil mas espero poder lutar por um lugar do pódio nas restantes etapas que faltam disputar" concluiu Adélio Machado.

    O dia de descanso para pilotos será, no entanto, de muito trabalho para os mecânicos: "é preciso dar nova vida ao Toyota, com uma revisão geral e, aí entram os mecânicos que muito trabalho tem tido, sendo estes os melhores do mundo. O desgaste e a fadiga são visíveis, mas o espírito de "vitória" e dever cumprido vai imperando na equipa. Passada esta primeira fase, vamos recarregar baterias para continuar a dar alegria aos nossos aficionados e honrar o bom nome de Portugal".

    AS

  10. #310
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Dominique Serieys: "Racing Lancer ainda tem muito para melhorar"


    Habituada a estar nos lugares da frente do Dakar, a Mitsubishi encontra-se reduzida à presença de Juan Roma, actualmente no quarto lugar da geral, agora que Stéphane Peterhansel se viu forçado a abandonar na etapa de ontem. O director da equipa, Dominique Serieys, reconhece que o Racing Lancer ainda precisa de tempo para evoluir.
    Dominique Serieys: "Racing Lancer ainda tem muito para melhorar" -

    Desde o inicio da prova que a 'armada' da marca nipónica tem vindo a ficar reduzida, primeiro com o abandono de Hiroshi Masuoka, depois Luc Alphand (embora por problemas de saúde), e ontem Stéphane Peterhansel foi obrigado a abandonar com problemas de motor.

    Apesar de serem grandes contrariedades, estes problemas acabaram por não surpreender os responsáveis da Mitsubishi.

    "Mesmo quando chegámos às verificações em Buenos Aires não estava bem certo do que aconteceria. A minha ideia era clara: quando decidimos entrar na categoria diesel com o Racing Lancer, sabíamos que o projecto seria a médio-prazo - 2009/2011", começou por dizer Serieys, lembrando que também as equipas rivais tiveram de esperar pelas evoluções dos seus carros para atacarem o Dakar na máxima força.

    "Quando se vê que a Volkswagen e a BMW estão neste projecto há seis anos para estarem onde estão hoje, podemos dizer que num breve período de tempo alcançámos a performance, mas ainda há muitas áreas nas quais precisamos de trabalhar e melhorar", acrescentou, virando agora os esforços da sua equipa para Juan 'Nani' Roma, único resistente da marca nipónica, em quarto lugar da geral, a quase meia hora de Carlos Sainz.

    "Espero que [Roma] continue a dispor de um carro sem problemas na próxima semana para alcançar um lugar no pódio ou ainda melhor", completou.

    Thierry Viardot, director técnico da equipa, alinhou pelo mesmo diapasão e explicou que "não é uma questão de sorte mas sim uma questão de trabalho e esforço. Sabíamos antes de vir que este rali seria muito difícil".

    Contudo, reconheceu que a equipa não tem "experiência suficiente com o novo carro". "50 por cento de mim pensa que o 'Nani' deveria tentar terminar e os outros 50 dizem-me que ele devia forçar ao máximo para tornar as coisas interessantes. Sabemos que temos capacidades que ainda não demonstramos", referiu Viardot.AS

  11. #311
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão VÍDEO: Resumo da sétima etapa do dakar

    O Dakar Argentina-Chile tem sido um dos mais duros de sempre. Esta é, pelo menos, a opinião generalizada dos pilotos que competem naquela prova.

    A sétima especial voltou a contar com a habitual dureza, mas o facto mais relevante acabou por ser a desistência de Stéphane Peterhansel, plurivencedor da mítica prova.

    Eis o resumo da sétima etapa dos automóveis.


  12. #312
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Os erros de cálculo e o 'salvador' de Jobard

    Num Dakar, por vezes, dentro do azar consegue haver sempre alguma sorte. Foi o que aconteceu com o motard francês Willy Jobard, que pode levar já para casa algumas histórias caricatas.

    A cerca de 100 metros da chegada em La Junta, o motard ficou sem gasolina. A razão? Um erro no calculo do consumo da sua moto. "Tinha repartido a gasolina entre o depósito dianteiro e o traseiro, mas não fiz a mudança no momento certo, pelo que a 100 metros da meta não me restava nada. Os meus cálculos saíram errados por 100 metros", confessou o piloto que cortou a linha de chegada a empurrar a moto.

    Mas, se esta situação não foi muito grave, dada a proximidade da meta, alguns dias antes a preocupação foi o principal sentimento vivido por Jobard, que quase abandonou a prova, não fosse a ajuda de um espectador.

    "O meu pneu traseiro estava desfeito e de repente um espectador veio ter comigo e disse-me que tinha uma moto em casa. 'Que tipo de mota?' perguntei eu. 'Uma Honda 600XR', respondeu ele. 'Então parece que me podes ajudar'", respondeu Willy Jobard, que esperou hora e meia para que o homem voltasse com a sua moto, que já não devia ser posta em funcionamento há muito tempo.

    No entanto, e talvez por isso, o pneu tinha um problema: estava demasiado velho. Mas como a 'cavalo dado não se olha o dente', Jobard reparou a moto e terminou a etapa."O pneu era tão velho que durante a etapa os tacos iam caindo um atrás do outro. Mas consegui chegar ao final!, acrescentou o motard, que mais tarde voltou ao seu 'salvador' para lhe agradecer.

    "Quis pagar-lhe, oferecer-lhe um par de pneus, mas ele não quis aceitar. Estava contente por me ter ajudado", completou Willy Jobard, 83º da geral, logo atrás de Alain Duclos.


    AQ

  13. #313
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Dakar'2009: Mais duas mortes


    CHOQUE FRONTAL PROVOCADO POR CAMIÃO DE ASSISTÊNCIA NUMA ESTRADA CHILENA



    A primeira edição sul-americana do Dakar conheceu ontem à noite novo capítulo negro, assinalado com mais duas mortes quando um camião de apoio chocou com outro veículo pesado numa estrada chilena.

    Da colisão frontal resultou a morte dos dois tripulantes do camião, o chileno Roberto de la Cruz Vera Hernández e o peruano Freddy Efraín Arocupiapa Torres.

    O acidente ocorreu numa estrada próxima da localidade de La Serena a Ovalle (Pejerreyes, norte do Chile).

    De acordo com a polícia chilena, o argentino Marcelo Sánchez, terá perdido o controlo do veículo da Marchetto, que prestava apoio à organização. Sánchez encontra-se detido

    O camião de assistência transportava pneus que seriam usados nas próximas etapas da prova.

    O acidente eleva para três o número de mortes na edição de 2009 do Dakar.
    Autor: ANTÓNIO ESPANHOL

  14. #314
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão T. Terreno - Dakar'2009: Portugueses protestam e continuam

    CHEGADA FORA DE CONTROLO FOI JUSTIFICADA



    Ricardo Leal dos Santos, Francisco Pita e Campos Pereira, que só concluíram a 6.ª etapa do Dakar já com o controlo fechado e, por isso, foram afastados, afinal vão continuar em prova, pois recorreram da decisão, por não terem tido culpa no atraso – 19 camiões bloqueavam a pista a 20 km do CP1 da etapa e só conseguiram sair na manhã de ontem – e foi-lhes dada razão.

  15. #315
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Dakar'2009: Carlos Sousa surpreendido com percurso


    PILOTO PORTUGUÊS AUSENTE MAS ATENTO



    Ausente da edição deste ano do Dakar, por falta de patrocínios, Carlos Sousa tem sido um espetador atento da competição.

    “Tenho assistido e estou positivamente surpreendido. É uma prova competitiva, com muitas pessoas a assistir. Em, conclusão, está a revelar-se um êxito”, disse ontem, em Baltar, onde participava numa iniciativa de solidariedade para com as pessoas que sofrem de epilepsia.

    Carlos Sousa prevê que a vitória sorria à Volkswagen e, sobre a participação portuguesa, refere: “Estamos muito reduzidos. Hélder Rodrigues está a fazer uma prova fantástica. Nos automóveis, fazem o que podem: isto é, tentam chegar ao fim.”
    Autor: JOÃO BAPTISTA SEIXAS

Página 21 de 44 Primeiro ... 1120 21 2231 ... Último

Tópicos Similares

  1. Passeio todo terreno
    Por cprcosta no fórum Convívios
    Respostas: 1
    Último Post: 22-12-2013, 21:55
  2. Road Books de Todo-Terreno
    Por satteam no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 7
    Último Post: 22-12-2009, 02:05
  3. Manuais de Viaturas Todo-o-Terreno
    Por F.B.I. no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 0
    Último Post: 03-01-2009, 23:03
  4. Todo o terreno
    Por Opium® no fórum Videos
    Respostas: 1
    Último Post: 26-04-2008, 23:33
  5. Todo-o-terreno no Piódão
    Por satteam no fórum Vídeos, Fotos e Eventos
    Respostas: 0
    Último Post: 28-03-2008, 00:52

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar