Página 27 de 44 Primeiro ... 1726 27 2837 ... Último
  1. #391
    Avatar de Dot@com
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    1.038
    Agora que o Dakar chegou ao fim Um Obrigado ao amigo [email protected] pela informação em cima da hora...

    um abraço
    [email protected]



    nota: o azul é só pela cor do nick

  2. #392
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Adélio Machado foi o melhor português no Dakar


    "Ainda tive de trabalhar no dia da consagração, rebocando o Chabot nos últimos quinze quilómetros...". Foi assim que terminou para a dupla da Padock Competições, Adélio Machado e Laurent Flament o Dakar "sul-americano" com a derradeira etapa que deixou o "Lago Rosa" levou a caravana de Córdoba até Buenos Aires, com mais de duzentos quilómetros de troço cronometrado, onde muita coisa ainda podia acontecer.

    E, não fosse Adélio Machado, talvez o principal piloto da Toyota France perderia o precioso lugar do pódio da categoria de produção: "numa especial em que nada tínhamos para ganhar, tivemos antes, trabalho forçado. Quando vimos o Toyota do Chabot não hesitamos em parar e reboca-lo até final. O Dakar também tem destas coisas, por vezes a classificação não é tudo, tem que haver um grande espírito de ajuda. Depois de tantos quilómetros era inglória ficar pelo caminho com a meta à vista" contou Adélio Machado que acabou por ter um dia calmo e sem percalços nos derradeiros quilómetros de uma prova tão longa e dura quanto o Dakar:

    "o resultado estava feito e só tínhamos que participar nesta especial da consagração foi o sentimento de dever cumprido. O percurso era rápido e estreito, por isso, foi rolar atrás uns dos outros... Ser o melhor piloto português na primeira vez que o Dakar visita o continente sul-americano é um marco que nos fica para a história" referiu o piloto da Padock Competições que contou com a preciosa colaboração do francês Laurent Flament na navegação e os mecânicos na estrutura sedeada em Famalicão na assistência ao Toyota Land Cruiser: "formamos uma equipa fantástica, as três equipas da Padock Competições tiveram um excelente desempenho, contando com a preciosa colaboração de outros tantos mecânicos de elevada qualidade: O Rodrigues, o Borges e o Francisco que se juntaram à estrutura da Toyota France. Parabéns a todos e um muito obigado. Para o ano estarei de volta, quem sabe para cumprir o que não consegui dar este ano - vencer na categoria de produção!".AS

  3. #393
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Martine Pereira cumpre objectivo de terminar Dakar


    "Sempre acreditei que era possível", começou por dizer Martine Pereira logo após a chegada ao final dos últimos 227 quilómetros da especial da derradeira etapa do Dakar. O dia de hoje "obrigava" a um andamento mais moderado, de forma a não deitar por terra todo o trabalho de doze longas e duras etapas:

    "Arriscar seria um risco maior e, arriscar o quê? O resultado estava feito e, o objectivo cumprido. Quando saímos de Buenos Aires no dia 3 de Janeiro, só queríamos cá voltar quinze dias depois! Conseguimos, esta foi a minha maior aventura desportiva. Talvez numa próxima oportunidade possa fazer muito melhor, senti-me muito à vontade nas maiores dificuldades do percurso" adiantou Martine Pereira que teve a seu lado José Marques, um navegador: "muito profissional e com muita experiencia".

    Para o "rookie" de Famalicão esta ultima tirada desenrolou-se sobre alguma apreensão, face aos últimos problemas eléctricos no Toyota: "Só queríamos terminar. Os últimos quilómetros foram de suspiro, depois de inúmeros problemas eléctricos nas três últimas etapas, problemas esses que os técnicos da Toyota não conseguiram detectar. O percurso era estreito e rolante, por isso não arriscamos e limitamo-nos a cumprir com a missão. Isto do Dakar é como dizem os mais experientes, é duro e muito duro!"

    AS

  4. #394
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Giniel De Villiers: "Nem acredito que venci o Dakar"


    Depois de muito prometer ao longo dos anos que já leva de Todo-o-Terreno, Giniel De Villiers venceu finalmente o Dakar, oferecendo assim à Volkswagen a primeira vitória, igualmente a estreia de um carro de motorização diesel no topo da classificação.
    Giniel De Villiers: "Nem acredito que venci o Dakar" -

    Para o sul-africano, a vitória na prova da ASO ainda lhe custa a um pouco acreditar: "Ainda não caí em mim, talvez amanhã desfrute um pouco melhor. Foi importante manter uma boa velocidade e ter consciência onde se podia ou não andar mais rápido. Gerimos a prova da melhor forma, mas há alguns dias atrás não me parecia poss´+ivel poder chegar à vitória, mas a verdade é que numa corrida destas tudo pode acontecer.", referiu.

    AS

  5. #395
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão De Villiers: "Espero regressar aqui no próximo ano".


    Depois de terminado o Argentina-Chile Dakar 2009 agora é a vez da ASO se debruçar sobre o local onde será realizado o Dakar em 2010. Depois de um elemento da organização ter vindo a público dizer que a África tradicional (Marrocos, Mauritânia e Senegal) eram muito pouco prováveis, mas que existia a possibilidade de rumar ao Magrebe, eis que o recém coroado vencedor diz alto e bom som: "A localização da prova deste ano foi um autêntico sucesso e espero regressar no próximo ano", referiu De Villiers.

    Claro que Giniel de Villiers irá defender a sua coroa onde quer que seja a prova, mas a verdade é que os homens da ASO têm em mãos uma decisão difícil de tomar: "Penso que foi um Dakar a sério, muito difícil, tal como seria de esperar, e penso que poderemos voltar no próximo ano.", referiu De Villiers.

  6. #396
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Atropelamento ensombra último dia do Dakar


    Um espectador foi vítima de atropelamento no derradeiro dia de prova do Argentina-Chile Dakar 2009, encontrando-se em estado grave, já que o acidente resultou num grave traumatismo para o infortunado adepto.

    Este foi o segundo acidente que envolveu espectadores, depois de no início da prova, uma criança ter partido uma perna, igualmente num atropelamento. O concorrente envolvido no acidente foi Eric Vigouroux, que guia um Hummer semelhante ao de Robby Gordon.

  7. #397
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Robby Gordon: "Para o ano cá estaremos a lutar pelas melhores posições"

    Apesar de não ter vencido qualquer etapa, Robby Gordon e Andy Griden conseguiram levaram o enorme Hummer à terceira posição da geral, logo atrás dos dois Volkswagen de Giniel de Villiers e Mark Miller. É certo que as muitas desistências ajudaram a cumprir esse desiderato, mas a verdade é que o Hummer é um autêntico tanque que a quase tudo resiste:

    "Penso que poderia ter vencido esta corrida, pois cometi alguns erros, especialmente no início da prova, onde perdi muito tempo e por isso fomos pouco regulares. O Hummer esteve bem e para o ano cá estaremos para lutar pelas melhores posições.", referiu.

  8. #398
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Paulo Gonçalves também brilhou no Dakar


    Hélder Rodrigues foi um excelente quinto classificado no Dakar, enquanto Paulo Gonçalves encerrou o top 10, obtendo o segundo lugar na classe 450cc, atrás de David Frétigné.

    Para "Speedy" "O balanço é muito positivo pois cumpri o meu objectivo de ficar nos dez primeiros e fui segundo da classe, o que tem de ser considerado bom." Pedro Bianchi Prata foi o terceiro português no final da prova, na 30ª posição da geral: "O objectivo era chegar ao fim pelo que estou feliz.", referiu.

    AS

  9. #399
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão A louca aventura de Jurgen van den Gordbergh


    Jurgen van den Goorbergh é um holandês que disputou o MotoGP e o antigo Mundial de 500cc entre 1997 e 2002.
    A louca aventura de Jurgen van den Gordbergh -

    Mas quando comunicou ao amigo Loris Capirossi que estava a pensar fazer a estreia no Dakar, o holandês ouviu palavras encorajadoras...: "O Dakar!? Estás louco!? É perigoso!" disse-lhe "Capirex".

    Só que a experiência em provas de Enduro tornou o apelo do Dakar irresistível e van den Goorbergh preparou uma Honda CRF 450X idêntica à de Paulo Gonçalves. Os circuitos do MotoGP e os hotéis de cinco estrelas foram trocados pelas dunas em Atacama e uma tenda no bivouac.

    "Foi tudo novo para mim mas fiquei encantado", referiu. "A experiência na velocidade deu-me uma grande capacidade de reflexos e de tomar decisões em fracções de segundo. Quando se roda a 300 km/h tem de se pensar muito rápido e isso ajudou-me a pensar em várias coisas ao mesmo tempo como a navegação e o traçado que devia seguir".

    Mas se dúvidas houvessem sobre a extrema dureza do Argentina-Chile, van den Goorbergh lá foi avisando que "se para o ano a prova for em África repito-a de moto. Mas se voltarmos aqui, se calhar virei de carro...".AS

  10. #400
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Carlos Sousa: "Probabilidade é grande mas falta o preto no branco"


    Costuma dizer-se que "o bom filho à casa torna". Piloto oficial da Mitsubishi durante uma década (de 1994 a 2004), antes de "vestir a camisola" da Nissan (Team Dessoude) e da Volkswagen (Lagos Team), Carlos Sousa está a um passo de viabilizar o regresso à marca que o notabilizou e com a qual obteve os seus maiores sucessos desportivos, incluindo uma Taça do Mundo de Todo-o-Terreno (2003), duas Taças da Europa (2003 e 2004), um Troféu Ibérico (2001) e quatro títulos absolutos no Campeonato Nacional (1995,1999, 2001 e 2002)
    Carlos Sousa: "Probabilidade é grande mas falta o preto no branco" -

    A hipótese começou a ser discutida ainda no final do ano passado, por altura da Baja Portalegre 500, ganhando novo e decisivo impulso já durante o sul-americano Dakar, após nova e prolongada conversa (telefónica) com Dominique Serieys, o director desportivo da equipa Mitsubishi. "Ainda não está 'preto no branco' e nem sequer tenho tudo fechado com os meus patrocinadores, mas nesta altura as probabilidades disso acontecer são grandes", confirmou o piloto ao AutoSport. "A primeira abordagem aconteceu ainda em Portalegre, quando quis saber valores para correr com o Pajero Evolution a gasolina. Para surpresa minha, a equipa logo redirecionou a conversa para o Racing Lancer, dizendo-me que a opção mais lógica era guir um carro actual. A partir daí, fomos mantendo contacto, mas só durante este Dakar é que existiram novos desenvolvimentos", pormenorizou em seguida.

    O desfecho das negociações está, por isso, para breve, faltando agora acertar alguns pormenores de ordem logística. "É a oportunidade de regressar a uma equipa de topo, logo com o bónus de participar activamente no desenvolvimento de um novo carro", afirmou Carlos Sousa, cada vez mais empenhado em regressar ao Campeonato Nacional, quase cinco anos volvidos, e logo na época em que assinala 20 anos de carreira. "Estou parado há demasiado tempo e preciso urgentemente de competir. Tenho um palmarés muito vasto e não considero uma despromoção voltar a este circuito", justificou.
    AS

  11. #401
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Carlos Sousa deve "herdar" carro de Masuoka


    Caso tudo se confirme, Carlos Sousa vai surgir já em Reguengos de Monsaraz, palco da primeira prova do calendário (21 e 22 de Fevereiro) - e para a qual está já inscrito num Mitsubishi -, ao volante de um dos quatro Racing Lancer oficiais que disputou este último Dakar, muito provavelmente o de Hiroshi Masuoka: "Sim, é muito possível que venha a ser esse, pois o carro só fez uma centena de quilómetros na Argentina e até já está em França, nas novas oficinas da equipa".

    E mesmo repetindo que "nada está ainda assinado", Carlos Sousa lá deixou escapar que o envolvimento da MMSP deverá ser muito semelhante ao da temporada de 2004, quando guiou o MPR13 oficial, ou seja, "com os técnicos da Mitsubishi a estarem sempre presentes, acompanhando o trabalho de uma pequena estrutura nacional, ficando a Mitsubishi Motors de Portugal apenas responsável pela parte logística", concluiu.

  12. #402
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Dominique Serieys confirma negociações com Carlos Sousa


    Contactado pelo AutoSport na Argentina, Dominique Serieys, o director da equipa MMSP, confirmou as negociações com o piloto português, adiantando que elas deverão ficar concluídas até final de Janeiro: "O projecto com o Carlos Sousa é uma possibilidade para 2009.

    Caso seja viável, far-se-á em estreita colaboração com a Mitsubishi Motors de Portugal e os parceiros e/ou patrocinadores que o Carlos venha a garantir", revelou. "Hoje (quinta-feira), nada está confirmado. Mas vamos encontrar-nos muito em breve, no fim de Janeiro, para estudar a possibilidade deste programa se vir confirmar. Pessoalmente, entendo que as condições são muito favoráveis", completou.AS

  13. #403
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Carlos Sainz arrasou organização do Dakar


    Carlos Sainz perdeu uma vitória quase certa no Dakar por erro alheio! O acidente deu-se ao km 79,61 da 12ª etapa, entre Fiambalá e La Rioja, na Argentina, depois do piloto precipitar o Race Toureg por uma ravina de quatro metros, ao que tudo indica, devido a uma falha no "road-book":

    "A última nota indicava que deveríamos cruzar o leito de um rio seco em 150m. Só que, de repente, o chão falhou-nos", recordou Michél Périn ainda no helicóptero que o transportou para o bivouac, depois dos médicos confirmarem que o navegador francês tinha fracturado a omoplata direita. "Foi uma grande decepção, mas as corridas são mesmo assim. Quando menos esperas e já vais tranquilo é que estas coisas acontecem. Pelo que estavávamos a andar, merecíamos ganhar este Dakar", analisou, por seu lado, Carlos Sainz.

    "Perderam o controlo da corrida"

    Porém, dois dias depois, à chegada a Madrid, o discurso foi ainda mais azedo para a organização: "Quiseram fazer com que ninguém sentisse saudades de África e perderam o controlo. Houve muitos acidentes, tiveram que cortar etapas. Fizeram um rali muito duro, com medo que as pessoas se queixassem do contrário. O futuro? Ainda não sei o que se vai passar este ano, tão pouco se a VW continua ou pára", concluiu o espanhol, vencedor de seis especiais na América do Sul, quatro delas de forma consecutiva.AS

  14. #404
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Mitsubishi vai reduzir programa


    Apesar do resultado deste último Dakar ter sido verdadeiramente desastroso para a sua equipa, logo habituada a ganhar há já sete anos consecutivos, Dominique Serieys, o director da MMSP, desmentiu cabalmente que a Mitsubishi está a ponderar abandonar o seu programa desportivo por problemas financeiros, como chegou a ser sugerido por alguma imprensa internacional:

    "Não passam disso mesmo: rumores. Eu próprio veria com muito maus olhos se a equipa decidisse parar só porque perdeu um Dakar após sete vitórias consecutivas. Não faria qualquer sentido, mais num ano em que decidimos estrear um novo modelo e competir pela primeira vez na categoria diesel. Veja-se, por exemplo, o caso da Volksagen, que teve de esperar seis para alcançar uma vitória nesta prova", comparou.

    "Felizmente, o nosso programa nunca esteve dependente dos resultados deste Dakar. Agora, é evidente que temos muito trabalho pela frente até conseguirmos atingir os níveis desejados de competividade e fiabilidade. No que diz respeito à nossa actividade em 2009, a ideia é seguir a mesma estratégia dos últimos anos, embora só em Março é que divulgaremos o nosso o programa, nomeadamente as provas em que vamos participar", explicou Dominique Serieys em resposta ao e-mail enviado pelo AutoSport.

    Em todo o caso, e segundo fonte bem colocada da equipa, a Mitsubishi deverá reduzir ao mínimo o seu programa desportivo em 2009, até para fazer face a um corte de 20 a 25 por cento no seu orçamento, dando total prioridade aos testes e ao desenvolvimento do Racing Lancer.AS

  15. #405
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Elisabete Jacinto vai guiar Kamaz


    Elisabete Jacinto vai tornar-se a primeira mulher a guiar um camião da russa Kamaz, marca que recentemente conquistou a oitava vitória no Argentina-Chile Dakar.
    Elisabete Jacinto vai guiar Kamaz -

    A piloto da MAN foi convidada pelos responsáveis da própria equipa russa, para ainda este ano, estar presente em duas provas a disputar na Rússia e Cazaquistão.

    Estas duas participações terão um carácter pontual, sendo que a piloto deverá prosseguir carreira ao volante do MAN, estando ainda em negociações relativamente ao programa a efectuar com o seu principal parceiro, a Medinfar, proprietária do MAN que ardeu por completo no Argentina-Chile Dakar.

    AS

Página 27 de 44 Primeiro ... 1726 27 2837 ... Último

Tópicos Similares

  1. Passeio todo terreno
    Por cprcosta no fórum Convívios
    Respostas: 1
    Último Post: 22-12-2013, 21:55
  2. Road Books de Todo-Terreno
    Por satteam no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 7
    Último Post: 22-12-2009, 02:05
  3. Manuais de Viaturas Todo-o-Terreno
    Por F.B.I. no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 0
    Último Post: 03-01-2009, 23:03
  4. Todo o terreno
    Por Opium® no fórum Videos
    Respostas: 1
    Último Post: 26-04-2008, 23:33
  5. Todo-o-terreno no Piódão
    Por satteam no fórum Vídeos, Fotos e Eventos
    Respostas: 0
    Último Post: 28-03-2008, 00:52

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar