Página 40 de 44 Primeiro ... 3039 40 41 ... Último
  1. #586
    Avatar de aiam
    Registo
    May 2007
    Posts
    4.596

    Padrão Elisabete Jacinto termina em segundo em dia de missão de resgate

    Segundo o comunicado de imprensa da assessoria da piloto portuguesa, ao quilómetro 27 do sector selectivo da penúltima etapa «estava poisado o helicóptero do director da prova, René Mettge, que ‘requisitou’ todos os camiões em prova» para a missão de resgate.

    A piloto portuguesa Elisabete Jacinto (MAN) participou este sábado na missão de resgate do MAN do belga Noel Essers, que tombou nas dunas, acabando por terminar a 11.ª etapa do rali Africa Race em segundo, atrás do checo Tomas Tomecek.


    A etapa entre Tenadi e Kebemer, no Senegal, num total de 597 quilómetros, 203 dos quais cronometrados, ficou marcada pela missão de resgate em que foram envolvidos todos os camiões em prova durante quatro horas.


    Segundo o comunicado de imprensa da assessoria da piloto portuguesa, ao quilómetro 27 do sector selectivo da penúltima etapa «estava poisado o helicóptero do director da prova, René Mettge, que ‘requisitou’ todos os camiões em prova» para a missão de resgate.


    «Tenho sempre um medo enorme que isto nos aconteça. Um carro é muito fácil colocar em pé, mas um camião é obra. Muito nós cavámos, porque ele estava numa posição muito complicada. Só quando chegou o camião vassoura é que finalmente fomos bem sucedidos», explicou Elisabete Jacinto.


    De acordo com a piloto portuguesa, o facto de terem perdido quatro horas não vai influenciar a classificação, pois foi accionado o “botão verde do sentinela” quando o camião parou e quando arrancou novamente.


    «É como se estivéssemos neutralizados. Sei que fiz menos sete minutos que o Tomecek, mas só quando forem feitos os acertos é que sei se fui mesmo a mais rápida. Seria excelente para colmatar a vitória que ontem [sexta-feira] acabámos por deixar escapar, avançou.


    No sitio oficial da prova, Elisabete Jacinto encontra-se na segunda posição da geral a 3:07.14 horas do líder, o checo Tomecek, que totaliza 47:33.10 horas em cerca de duas semanas de prova.


    A 12.ª e última etapa do Africa Race disputa-se no domingo entre Kebemer e Dacar, com apenas 23,68 quilómetros de sector selectivo e chegada junto ao mítico Lago Rosa.


    sapo desporto

    _____________
    O Desporto não dá mais anos à vida, mas dá mais vida aos anos. Por isso pratique-o regularmente.

  2. #587

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Dakar: Guerlain Chicherit capotou Mini... no dia de descanso

    Piloto francês protagonizou um grave acidente no dia de descanso do Dakar, quando testava o seu Mini All4 em Arica, no Chile

    Guerlain Chicherit está fora do Dakar. O piloto francês protagonizou um grave acidente no dia de descanso do Dakar, quando testava o seu Mini All4 em Arica, no Chile. O piloto da X-Raid, que testava o carro sem capacete, sofreu pequenos ferimentos na cabeça, e embora não tenha necessitado de se deslocar ao Hospital local, teve que ficar em observação no posto médico da organização.
    Tudo aconteceu quando o piloto francês foi testar com um dos mecânicos algumas alterações efectuadas no seu carro, acabando por capotar de forma aparatosa o seu Mini All4, que ficou muito danificado, não existindo qualquer possibilidade de reparar o carro a tempo de partir para a etapa de hoje, pelo que já faz parte da lista de desistentes:
    "O Guerlain não tem nada de especial, simplesmente o carro capotou algumas vezes e não houve tmepo para o ter à partida da etapa de hoje", referiu Sven Quandt, responsável da X-Raid.
    Depois de um inicio pouco animador, Guerlain Chicherit estava a recuperar posições, ocupando a nona posição da geral no final da sexta etapa, antes do dia de descanso em Arica.

  3. #588

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Dakar: Al-Attiyah pressiona Carlos Sainz; Leal dos Santos já é nono

    Ricardo Leal dos Santos foi sétimo na sétima etapa, e com os abandonos à sua frente, já é nono da geral, a quatro minutos de Christian Lavieille

    Nasser Al-Attiyah, em Volkswagen Touareg, foi hoje o mais rápido na sétima etapa do Dakar Argentina-Chile, entre Arica e Antofagasta, reduzindo para apenas 1m22s a diferença para o espanhol Carlos Sainz, que foi segundo na etapa de hoje, a 1m20s de Al-Attiyah. A luta pela vitória nos automóveis parece circunscrita aos dois pilotos da Volkswagen, visto que Stephane Peterhansel voltou a atrasar-se, ao ser apenas quarto, a mais de sete minutos do primeiro, e a mais de vinte minutos na classificação geral.
    O piloto francês foi, uma vez mais, vítima de um furo, terminando a etapa atrás do sul-africano Giniel de Villiers (Volkswagen), à frente do polaco Krysztof Holowczyc, que continua em destaque, mantendo-se como o segundo melhor dos pilotos da equipa X-Raid.
    Motos:«Chaleco» vence etapa; Portugueses perdem tempo
    Ricardo Leal dos Santos foi sétimo, e com os abandonos à sua frente, já é nono da geral, a quatro minutos de Christian Lavieille (Nissan) o oitavo classificado nesta altura.
    Guilherme Spinelli e Youssef Haddad terminaram na oitava posição, a mais de 22min de Al-Attiyah. Nani Roma, em nono, e Tonnie van Deijne, décimo, completam o «top-10».
    A prova continua esta segunda-feira, elevando o grau de dificuldade, com a oitava etapa, que liga Antofagasta a Copiapo, a ter uma especial de 508 quilómetros, com uma difícil zona de dunas na parte final.
    Classificação da 7ª etapa (auto):
    1. Nasser Al-Attiyah (VW), 2h40min57s
    2. Carlos Sainz (VW), +01m20
    3. Giniel De Villiers (VW), +02m56
    4. Stephane Peterhansel (BMW), +07m40
    5. Krzysztof Holowczyc (BMW), +17m00
    6. Christian Lavieille (Nissan), +20m07
    7. Ricardo Leal dos Santos (BMW), +20m48
    8. Guilherme Spinelli (Mitsubishi), +22m14
    9. Nani Roma (Nissan), +24m39
    Classificação geral após 7ª etapa (auto):
    1. Carlos Sainz (VW), 23h21min58s
    2. Nasser Al-Attiyah (VW), +01m22
    3. Stephane Peterhansel (BMW), +21m1
    4. Giniel De Villiers (VW), +32m45
    5. Krzysztof Holowczyc (BMW), +01h28m59
    6. Mark Miller (VW), +02h13m44
    7. Guilherme Spinelli (Mitsubishi), +02h38m50
    8. Christian Lavieille (Nissan), +03h26m41
    9. Ricardo Leal dos Santos (BMW), +03h30m40
    10. Matthias Kahle (SMG), +05h45m10
    11. Tonnie Van Deijne (Mitsubishi Pajero), +06h02m58

  4. #589

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Dakar: «Chaleco» vence etapa; Portugueses perdem tempo

    Helder Rodrigues foi quarto e o melhor português na sétima etapa do Dakar. Ruben Faria quinto, enquanto Paulo Gonçalves foi oitavo

    Hélder Rodrigues foi hoje o piloto português mais rápido na sétima etapa do Dakar Argentina-Chile, terminando na quarta posição entre as motos o percurso que ligou Arica e Antofagasta. A etapa foi ganha pelo chileno Francisco 'Chaleco' Lopez (Aprilia), que se estreou-se a vencer nesta edição da competição, reduzindo a diferença para o líder, o espanhol Marc Coma (KTM), terceiro na etapa, atrás do francês Cyril Despres.
    Na quarta posição, Helder Rodrigues perdeu quase nove minutos para 'Chaleco' Lopez, na luta pelo terceiro lugar da geral. Ruben Faria (KTM) foi quinto, mantendo a mesma posição na geral, enquanto Paulo Gonçalves (BMW) foi oitavo, restando-lhe agora apenas rodar o mais possível na frente, visto que depois dos problemas eléctricos sofridos na sexta etapa, caiu muito na classificação, ocupando agora a 49ª posição da geral.
    Mais à frente encontra-se Pedro Oliveira (27º), com um atraso de 4h59m43s do primeiro, enquanto Pedro Bianchi Prata ocupa a 34ª posição. Mais atrás estão classificados Rui Oliveira (Yamaha), na 65ª posição, e Fausto Mota (Yamaha), na 72ª posição, a mais de 12h16m25s de Marc Coma.
    Classificação 7ª etapa (motos):
    1. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), 03h29m45
    2. Cyril Despres (KTM), +02m21
    3. Marc Coma (KTM), +03m45
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +09m14
    5. Ruben Faria (KTM), +10m44
    6. Stefan Svitko (KTM), +11m19
    7. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +14m03
    8. Paulo Gonçalves (BMW), +14m03
    9. Frans Verhoeven (BMW), +16m05
    10. Juan Pedrero Garcia (KTM), +18m05

    29. Pedro Oliveira (Yamaha), +52m50

    38. Pedro Bianchi Prata (BMW), +01h12m44

    52. Fausto Mota (Yamaha), +01h29m06

    78. Rui Oliveira (Yamaha), +02h44m59
    Classificação geral após 7ª etapa (motos):
    1. Marc Coma (KTM), 22h40m20
    2. Cyril Despres (KTM), +07m24
    3. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), +18m27
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +33m04
    5. Ruben Faria (KTM), +40m53
    6. Frans Verhoeven (BMW), +01h14m10
    7. Juan Pedrero Garcia (KTM), +01h16m33
    8. Stefan Svitko (KTM), +01h16m54
    9. Jordi Viladoms (Yamaha), +01h20m11
    10. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +01h37m23

    27. Pedro Oliveira (Yamaha), +04h59m43

    34. Pedro Bianchi Prata (BMW), +06h29m16

    49. Paulo Gonçalves (BMW), +08h03m14

    65. Rui Oliveira (Yamaha), +10h49m23

    72. Fausto Mota (Yamaha), +12h16m25
    Última edição por barril; 09-01-2011 às 21:18.

  5. #590

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Ruben Faria: "Vamos discutir a vitória até ao derradeiro quilómetro da prova"

    Piloto português foi quinto na sétima etapa e mantendo idêntica posição na classificação geral

    Resolvidas as questões da sexta etapa no dia de ontem, Ruben Faria encarou hoje a sétima etapa do Dakar de forma mais descontraída e concentrado apenas nos seus objectivos imediatos.
    “Que são obviamente discutirmos a vitória no Dakar. É para isso que estamos aqui e é isso que vamos perseguir até ao derradeiro quilómetro da prova.”
    Pela frente, e no regresso às pistas chilenas depois do dia de descanso, Ruben Faria e toda restante caravana ainda presente na prova, hoje partiram 123 pilotos, tinha que enfrentar 272 quilómetros de especial, novamente com alguma navegação no deserto do Atacama, depois da organização ter decidido encurtar a mesma e não fazer cumprir a segunda secção da etapa do dia.
    “Penso que foi uma decisão acertada, mesmo se para nós nos tirou muitos quilómetros em que poderíamos tentar recuperar mais tempo para a concorrência, mas depois de um dia tão exigente como o da chegada a Arica foi uma boa opção, nem por isso fácil.”
    «Chaleco» vence etapa; Portugueses perdem tempo
    A etapa decorreu com relativa normalidade para o piloto de Olhão, que fechou o dia na quinta posição do dia, reforçando assim essa mesma posição em termos de classificação geral na prova. “Foi um dia de regresso ás pistas normal, se assim poderemos dizer. Comecei cauteloso na fase inicial e na segunda parte da especial aumentei um pouco o meu ritmo para fechar na quinta posição. Nada se altera em termos da minha classificação, excepção feita a que estou mais confortável no quinto posto face aos meus perseguidores. A especial era muito bonita e deu muito gozo estar hoje em prova.”
    Ruben Faria mantem assim a sua posição na classificação geral, antes da ligação a Copiapo, a zona mineira chilena que amanhã recebe o Dakar depois de uma especial com 500 quilómetros de extensão.
    “O dia de amanhã promete….” Revela Ruben Faria a antever já uma jornada onde a navegação será novamente exigida aos pilotos.
    Classificação 7ª etapa (motos):
    1. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), 03h29m45
    2. Cyril Despres (KTM), +02m21
    3. Marc Coma (KTM), +03m45
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +09m14
    5. Ruben Faria (KTM), +10m44
    6. Stefan Svitko (KTM), +11m19
    7. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +14m03
    8. Paulo Gonçalves (BMW), +14m03
    9. Frans Verhoeven (BMW), +16m05
    10. Juan Pedrero Garcia (KTM), +18m05

    29. Pedro Oliveira (Yamaha), +52m50

    38. Pedro Bianchi Prata (BMW), +01h12m44

    52. Fausto Mota (Yamaha), +01h29m06

    78. Rui Oliveira (Yamaha), +02h44m59
    Classificação geral após 7ª etapa (motos):
    1. Marc Coma (KTM), 22h40m20
    2. Cyril Despres (KTM), +07m24
    3. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), +18m27
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +33m04
    5. Ruben Faria (KTM), +40m53
    6. Frans Verhoeven (BMW), +01h14m10
    7. Juan Pedrero Garcia (KTM), +01h16m33
    8. Stefan Svitko (KTM), +01h16m54
    9. Jordi Viladoms (Yamaha), +01h20m11
    10. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +01h37m23

    27. Pedro Oliveira (Yamaha), +04h59m43

    34. Pedro Bianchi Prata (BMW), +06h29m16

    49. Paulo Gonçalves (BMW), +08h03m14

    65. Rui Oliveira (Yamaha), +10h49m23

    72. Fausto Mota (Yamaha), +12h16m25

  6. #591

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Pedro Oliveira: "O meu objectivo é terminar este Dakar"

    Pedro Oliveira foi o piloto mais rápido da equipa Dakarteck e efectuou o 29º tempo do dia, tendo subido na classificação geral

    Depois de um dia de descanso, os pilotos retomaram a competição, com a mais longa etapa desta edição do Dakar. Estavam previstos 631 quilómetros de especial, divida em 2 sectores, mas devido a atrasos de pilotos mais lentos, apenas foram cumpridos 273 quilómetros.
    Uma etapa costeira, pois a ligação entre Arica e Antofagasta, foi cumprida junto ao mar. Uma primeira parte de enduro puro (cerca de 40 quilómetros) onde até os mais bem preparados pilotos sentiram dificuldades. Uma zona intermédia com bastantes dunas onde foi dada ordem para final da especial, tendo sido as longas rectas rápidas a caminho de Antofagasta, feitas em ritmo de ligação.
    Mais uma vez Pedro Oliveira foi o piloto mais rápido da equipa Dakarteck e efectuou o 29º tempo do dia, tendo subido na classificação geral. É agora 27º classificado e bastante satisfeito comentou: “Tenho mantido o meu objectivo que é terminar este Dakar. Tudo o que vier por acréscimo é bom e neste momento tenho subido de posições gradualmente. As Yamaha/Dakarteck continuam impecáveis, o que demonstra todo o nosso trabalho ao longo do ano”.
    «Chaleco» vence etapa; Portugueses perdem tempo
    Rui Oliveira é agora o 2º piloto da equipa (65º geral), tendo sido na especial de hoje, o 78º classificado. A forma descontraída como encara esta prova, tem feito dele um exemplo, e certamente a chegada a Buenos Aires será cumprida. “Apesar de estar bastante cansado devido às muitas horas em cima da mota, sinto-me bastante satisfeito e vou continuar no meu ritmo” comentou o piloto.
    Fausto Mota depois de ter sido “afundado” na classificação geral devido a uma penalização bastante injusta, tenta agora recuperar rapidamente. Na especial de hoje teve alguns contra-tempos mas conseguiu terminar em 52º sendo agora 72º da geral – subiu 5 posições nesta 33ª edição do Dakar.
    No dia de amanhã os pilotos continuarão junto ao Oceano Pacifico, numa etapa com um total de 776 quilómetros (508 quilómetros de especial – divida em três troços) que ligará a Pérola do Norte (Antofagasta) a Copiapo (conhecida pelo mediático acidente ocorrido nas minas de San José em 5 de Agosto de 2010). Uma especial marcada por várias passagens de vale para vale, com bastantes trilhos mineiros e muita navegação, sendo a parte final com bastante areia e com necessidade de uma atenção redobrada.
    Classificação 7ª etapa (motos):
    1. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), 03h29m45
    2. Cyril Despres (KTM), +02m21
    3. Marc Coma (KTM), +03m45
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +09m14
    5. Ruben Faria (KTM), +10m44
    6. Stefan Svitko (KTM), +11m19
    7. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +14m03
    8. Paulo Gonçalves (BMW), +14m03
    9. Frans Verhoeven (BMW), +16m05
    10. Juan Pedrero Garcia (KTM), +18m05

    29. Pedro Oliveira (Yamaha), +52m50

    38. Pedro Bianchi Prata (BMW), +01h12m44

    52. Fausto Mota (Yamaha), +01h29m06

    78. Rui Oliveira (Yamaha), +02h44m59
    Classificação geral após 7ª etapa (motos):
    1. Marc Coma (KTM), 22h40m20
    2. Cyril Despres (KTM), +07m24
    3. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), +18m27
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +33m04
    5. Ruben Faria (KTM), +40m53
    6. Frans Verhoeven (BMW), +01h14m10
    7. Juan Pedrero Garcia (KTM), +01h16m33
    8. Stefan Svitko (KTM), +01h16m54
    9. Jordi Viladoms (Yamaha), +01h20m11
    10. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +01h37m23

    27. Pedro Oliveira (Yamaha), +04h59m43

    34. Pedro Bianchi Prata (BMW), +06h29m16

    49. Paulo Gonçalves (BMW), +08h03m14

    65. Rui Oliveira (Yamaha), +10h49m23

    72. Fausto Mota (Yamaha), +12h16m25

  7. #592

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Lopez Contardo e Al-Attiyah vencem sétima etapa do Dakar

    Nasser Al-Attiyah, nos carros, e Lopez Contardo, nas motos, foram os mais rápidos a cumprir a sétima etapa do Dakar 2011, mas a liderança continua a pertencer a Sainz e Coma, respectivamente

    A sétima etapa do Rali Dakar Argentina-Chile 2011 decorreu este domingo e teve como vencedores Nasser Al-Attiyah, nos carros, e Lopez Contardo, nas motos. Hélder Rodrigues foi o melhor do dia entre os portugueses, tendo terminado em quarto lugar, seguido do compatriota Ruben Faria, mantendo-se ambos no “top 5” da geral, que continua a ser comandada pelo espanhol Marc Coma.
    A especial de 273 quilómetros, num total de 763, que ligou Arica a Antofagasta (Norte do Chile), foi ganha pelo chileno Francisco Lopez (Aprilia), em 3:29.45 horas, à frente do francês Cyril Despres (KTM). Os portugueses Hélder Rodrigues (Yamaha) e Ruben Faria (KTM) terminaram em quarto e quinto, respectivamente, a 9.14 minutos e 10.44 do vencedor. Paulo Gonçalves, primeiro na quinta etapa, ficou, este domingo, também entre os 10 primeiros classificados, terminado a tirada a 14.03 minutos do vencedor.

    Na tabela geral das motos, o espanhol Marc Coma mantém a liderança (26:13.50 horas) e aumentou a diferença para o seu mais directo adversário, o francês Cyril Depres (KTM), que está agora a 7.24 minutos, enquanto o vencedor da tirada do dia, Lopez Contardo, está em terceiro, a 18.27 minutos. Hélder Rodrigues é quarto classificado da geral e é imediatamente seguido por Ruben Faria, enquanto Paulo Gonçalves é apenas 49º colocado, devido à avaria que a sua moto sofreu na sexta-feira.

    Entre os restantes portugueses em prova, na sétima etapa Pedro Oliveira foi 29º classificado e ocupa a 27ª posição da geral, Pedro Bianchi Prata foi 38º posicionado e está no 34º lugar da geral, Fausto Mota terminou a especial no 52º posto e é 74º da geral e, por fim, Rui Oliveira concluiu o dia na 78ª posição, ocupando actualmente o 65º lugar da geral.

    Nos automóveis, Ricardo Leal dos Santos, único português ainda em prova, foi sétimo colocado, a 20.48 minutos do vencedor, Nasser Al-Attiyah (Volkswagen), do Qatar, que terminou à frente do seu companheiro de equipa, o espanhol Carlos Sainz, líder da geral. Al-Attiah percorreu a tirada em 2:40.57 horas, à frente de Sainz, que ficou a 1.20 minutos e aproximou-se ainda mais do companheiro de equipa na geral, com 1.22 minutos a separá-los, enquanto o francês Stéphane Peterhansel (BMW), companheiro de equipa do piloto luso, está em terceiro, a 21.11 minutos do líder.

    Relativamente às outras duas categorias do Rali Dakar, o argentino Tomas Maffeis ocupa a liderança nos quads, na frente do compatriota Alejandro Patronelli, enquanto que nos camiões o russo Firdaus Kabirov é o actual líder da classificação geral, à frente do checo Ales Loprais.

    A prova continua esta segunda-feira, elevando o grau de dificuldade, com a oitava etapa, que liga Antofagasta a Copiapo, a ter uma especial de 508 quilómetros, com um complexo sector de dunas na parte final.

    Classificação geral dos carros

    Pos.
    Piloto
    Tempo
    1
    Carlos Sainz 23h21:58
    2
    Nasser Al-Attiyah a 1:22
    3
    Stéphane Peterhansel a 21:11
    (...)
    9
    Leal dos Santos a 3h30:40
    -
    Francisco Inocêncio abandonou (4ª etapa)

    Classificação geral das motos

    Pos.
    Piloto
    Tempo
    1
    Marc Coma
    26h13:50
    2
    Cyril Despres a 7:24
    3
    Lopez Contardo
    a 18:27
    4
    Hélder Rodrigues a 33:04
    5
    Ruben Faria a 40:53
    (...)
    27 Pedro Oliveira a 4h59:43
    (...)
    34
    Pedro Bianchi Prata a 6h29:16
    (...)
    49
    Paulo Gonçalves a 8h03:14
    (...)
    65
    Rui Oliveira a 10h49:23
    (...)
    74
    Fausto Mota a 12h16:25
    -
    João Rosa abandonou (3ª etapa)

  8. #593
    Avatar de RSCSA
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    44
    Posts
    15.090

    Padrão Queda obriga Paulo Gonçalves a abandonar



    Pelo segundo ano consecutivo, o motard português Paulo Gonçalves foi forçado a desistir da maior prova de todo o terreno mundial. Depois dos problemas que teve durante a 6.ª especial, onde perdeu mais de 5 horas, Gonçalves vê assim terminar a sua participação numa prova onde tinha grandes expetativas.

    O piloto português caiu ao quilómetro 55 da tirada desta segunda-feira, depois de ter passado em primeiro à marca dos 42km. De acordo com a organização do Dakar'2011, o piloto nacional sofreu uma violenta queda mesmo antes de chegar ao primeiro ponto intermédio, tendo logo ali ficado com queixas no ombro.

    Após ser examinado pela equipa médica da prova, ficou a saber-se que Paulo Gonçalves tem uma fratura na clavícula, sendo desde logo garantido o abandono do piloto da BMW.

    Rodrigues e Faria ao ataque

    Após o abandono de Gonçalves, a participação portuguesa nos lugares cimeiros fica reduzida a Hélder Rodrigues e Ruben Faria. Ambos estão muito bom plano na etapa desta segunda-feira e o piloto da Yamaha pode muito bem ascender ao pódio.

    À passagem do oitavo ponto intermédio, Hélder Rodrigues segue em 3.º, atrás de Coma e Despres. O seu mais direto oponente, o chileno Francisco Lopez Contardo, anda "perdido" de acordo com a organização. O site oficial da prova refere que o "Iritrack" do piloto da casa não dá nenhum sinal desde o ponto número 6.

    Esta é já a segunda vez na tirada de hoje que o dispositivo de controlo de "Chaleco" não transmite o seu sinal, pois não há registo da passagem no 3.º ponto intermédio.

    "RC"

  9. #594
    Avatar de RSCSA
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    44
    Posts
    15.090

    Padrão Marc Coma vence etapa; Hélder Rodrigues quarto



    O espanhol Marc Coma (KTM) reforçou hoje a liderança do Rali Dakar, ao vencer a oitava etapa da prova, disputada entre Antofagasta e Copiapó, no Chile, ao longo de 508 quilómetros.

    No que diz respeito aos portugueses, Hélder Rodrigues (Yamaha) repetiu o quarto posto da véspera, enquanto Ruben Faria (KTM) foi sexto.

    "bola"

  10. #595
    Avatar de RSCSA
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    44
    Posts
    15.090

    Padrão Al-Attiyah detrona Sainz da liderança (automóveis)



    Nasser Al- Attiyah (Volkswagen) voltou a vencer a etapa desta segunda-feira do Rali Dakar, entre Antofagasta e Copiapó, no Chile. A vitória valeu ao príncipe do Catar a liderança, destronando o espanhol Carlos Sainz.

    Al-Attiyah concluiu os 508 quilómetros da «especial» em 5.16,30 horas, deixando o seu companheiro de equipa, segundo classificado, a 6,36 segundos. Margem suficiente para roubar o primeiro posto da classificação geral ao madrileno, que tem agora mais 5,14 minutos do que o piloto do Catar.

    Por esta altura, ainda não há informações sobre os portugueses.

    "bola"

  11. #596

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Ruben Faria: "Vamos discutir a vitória até ao derradeiro quilómetro da prova"

    Piloto português foi quinto na sétima etapa e mantendo idêntica posição na classificação geral

    Resolvidas as questões da sexta etapa no dia de ontem, Ruben Faria encarou hoje a sétima etapa do Dakar de forma mais descontraída e concentrado apenas nos seus objectivos imediatos.
    “Que são obviamente discutirmos a vitória no Dakar. É para isso que estamos aqui e é isso que vamos perseguir até ao derradeiro quilómetro da prova.”
    Pela frente, e no regresso às pistas chilenas depois do dia de descanso, Ruben Faria e toda restante caravana ainda presente na prova, hoje partiram 123 pilotos, tinha que enfrentar 272 quilómetros de especial, novamente com alguma navegação no deserto do Atacama, depois da organização ter decidido encurtar a mesma e não fazer cumprir a segunda secção da etapa do dia.
    “Penso que foi uma decisão acertada, mesmo se para nós nos tirou muitos quilómetros em que poderíamos tentar recuperar mais tempo para a concorrência, mas depois de um dia tão exigente como o da chegada a Arica foi uma boa opção, nem por isso fácil.”
    «Chaleco» vence etapa; Portugueses perdem tempo
    A etapa decorreu com relativa normalidade para o piloto de Olhão, que fechou o dia na quinta posição do dia, reforçando assim essa mesma posição em termos de classificação geral na prova. “Foi um dia de regresso ás pistas normal, se assim poderemos dizer. Comecei cauteloso na fase inicial e na segunda parte da especial aumentei um pouco o meu ritmo para fechar na quinta posição. Nada se altera em termos da minha classificação, excepção feita a que estou mais confortável no quinto posto face aos meus perseguidores. A especial era muito bonita e deu muito gozo estar hoje em prova.”
    Ruben Faria mantem assim a sua posição na classificação geral, antes da ligação a Copiapo, a zona mineira chilena que amanhã recebe o Dakar depois de uma especial com 500 quilómetros de extensão.
    “O dia de amanhã promete….” Revela Ruben Faria a antever já uma jornada onde a navegação será novamente exigida aos pilotos.
    Classificação 7ª etapa (motos):
    1. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), 03h29m45
    2. Cyril Despres (KTM), +02m21
    3. Marc Coma (KTM), +03m45
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +09m14
    5. Ruben Faria (KTM), +10m44
    6. Stefan Svitko (KTM), +11m19
    7. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +14m03
    8. Paulo Gonçalves (BMW), +14m03
    9. Frans Verhoeven (BMW), +16m05
    10. Juan Pedrero Garcia (KTM), +18m05

    29. Pedro Oliveira (Yamaha), +52m50

    38. Pedro Bianchi Prata (BMW), +01h12m44

    52. Fausto Mota (Yamaha), +01h29m06

    78. Rui Oliveira (Yamaha), +02h44m59
    Classificação geral após 7ª etapa (motos):
    1. Marc Coma (KTM), 22h40m20
    2. Cyril Despres (KTM), +07m24
    3. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), +18m27
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +33m04
    5. Ruben Faria (KTM), +40m53
    6. Frans Verhoeven (BMW), +01h14m10
    7. Juan Pedrero Garcia (KTM), +01h16m33
    8. Stefan Svitko (KTM), +01h16m54
    9. Jordi Viladoms (Yamaha), +01h20m11
    10. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +01h37m23

    27. Pedro Oliveira (Yamaha), +04h59m43

    34. Pedro Bianchi Prata (BMW), +06h29m16

    49. Paulo Gonçalves (BMW), +08h03m14

    65. Rui Oliveira (Yamaha), +10h49m23

    72. Fausto Mota (Yamaha), +12h16m25

  12. #597

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Dakar: Confira a classificação dos pilotos portugueses

    Hélder Rodrigues e Ruben Faria em destaque nas duas rodas, Ricardo Leal continua a subir e já é nono da geral dos automóveis

    Hélder Rodrigues continua a ser o melhor português na actual edição do Dakar Argentina-Chile, ocupando a quarta posição na classificação geral das motos, à frente de Ruben Faria. Rodrigues e Faria voltaram a estar em destaque na sétima etapa, ao fazer, respectivamente, o quarto e quinto melhor tempo. Paulo Gonçalves fez o oitavo melhor tempo, restando-lhe agora apenas rodar o mais possível na frente, visto que depois dos problemas eléctricos sofridos na sexta etapa, caiu muito na classificação, ocupando agora a 49ª posição da geral.
    Para Hélder Rodrigues, “esta foi uma etapa verdadeiramente demolidora onde até zonas de trial apanhámos! Saindo à frente sabia que era inevitável ser apanhado pelos meus mais directos perseguidores nas zonas lentas de dunas e foi isso que acabou por acontecer. Mas sei que andei bem e naveguei melhor”, comentou o piloto português que tem como objectivo terminar no pódio.
    Ruben Faria, que fez o quinto tempo, comentou que “foi um dia de regresso às pistas normal, se assim poderemos dizer. Comecei cauteloso na fase inicial e na segunda parte da especial aumentei um pouco o meu ritmo para fechar na quinta posição. Nada se altera em termos da minha classificação, excepção feita a que estou mais confortável no quinto posto face aos meus perseguidores. A especial era muito bonita e deu muito gozo estar hoje em prova.”
    As melhores fotos do Dakar 2011 Argentina-Chile
    Depois dos problemas na sexta etapa, Paulo Gonçalves caiu para a 49ª posição da geral, atrás de Pedro Oliveira, que é agora 27º, enquanto Pedro Bianchi Prata ocupa a 34ª posição. Mais atrás estão classificados Rui Oliveira (Yamaha), na 65ª posição, e Fausto Mota (Yamaha), na 72ª posição, a mais de 12h16m25s do líder, o espanhol Marc Coma.
    Nos automóveis, Ricardo Leal dos Santos foi sétimo, a 20,48 minutos do vencedor, Nasser Al-Attiyah (Volkswagen), subindo duas posições na geral, passando a ocupar a nona posição da geral.
    “Estamos muito satisfeitos com esta etapa. Fizemos uma etapa limpa e estamos confiantes na nossa prestação. Parámos para ajudar o Terranova que capotou e perdemos algum tempo numa zona em que tivemos algumas dúvidas na navegação. Ficámos, obviamente, tristes com a desistência do nosso colega Chicherit, mas infelizmente são coisas que acontecem numa prova desta envergadura”, destacou Ricardo Leal dos Santos.
    No entanto, o dia ficou marcado pelo abandono de mais um português, já que a dupla Orlando Terranova e Filipe Palmeiro (navegador português do piloto argentino), ficou pelo caminho na sequência de um aparatoso capotanço.
    Esta segunda-feira disputa-se a 8ª etapa, entre Antofagasta e Copiapo com 508 km de Sector Selectivo. As três fases diferentes do dia são susceptíveis de dar origem a dificuldades com efeito dominó. Recomenda-se ter muito cuidado para abordar as subtilezas da navegação no início da especial. Nos imensos espaços abertos do Chile, os pilotos terão de "saltar" de um vale para o outro: as referências são raras e é fácil ficar confuso. Pode tornar-se perigoso tentar retomar o tempo perdido por entre as pistas da antiga zona mineira. Mais importante ainda, uma zona de extenso areal está localizada no final da etapa. Esta irá exigir uma grande lucidez, sendo preferivel abordá-la em plena luz do dia do que com faróis acesos.
    Classificação geral após 7ª etapa (motos):
    1. Marc Coma (KTM), 22h40m20
    2. Cyril Despres (KTM), +07m24
    3. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), +18m27
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +33m04
    5. Ruben Faria (KTM), +40m53
    6. Frans Verhoeven (BMW), +01h14m10
    7. Juan Pedrero Garcia (KTM), +01h16m33
    8. Stefan Svitko (KTM), +01h16m54
    9. Jordi Viladoms (Yamaha), +01h20m11
    10. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +01h37m23

    27. Pedro Oliveira (Yamaha), +04h59m43

    34. Pedro Bianchi Prata (BMW), +06h29m16

    49. Paulo Gonçalves (BMW), +08h03m14

    65. Rui Oliveira (Yamaha), +10h49m23

    72. Fausto Mota (Yamaha), +12h16m25
    Classificação geral após 7ª etapa (auto):
    1. Carlos Sainz (VW), 23h21min58s
    2. Nasser Al-Attiyah (VW), +01m22
    3. Stephane Peterhansel (BMW), +21m1
    4. Giniel De Villiers (VW), +32m45
    5. Krzysztof Holowczyc (BMW), +01h28m59
    6. Mark Miller (VW), +02h13m44
    7. Guilherme Spinelli (Mitsubishi), +02h38m50
    8. Christian Lavieille (Nissan), +03h26m41
    9. Ricardo Leal dos Santos (BMW), +03h30m40
    10. Matthias Kahle (SMG), +05h45m10

  13. #598

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Dakar: Hélder Rodrigues em terceiro a meio da etapa de hoje

    Marc Coma e Cyril Despres disputam a vitória na oitava etapa do Dakar, perseguidos de perto por Hélder Rodrigues

    Marc Coma (KTM) está na frente da oitava etapa do Dakar, à passagem do km283, com uma vantagem inferior a dois minutos para o seu grande adversário, o francês Cyril Desprès (KTM), e 5m43s para o português Hélder Rodrigues (Yamaha), actualmente quarto classificado na geral.
    Ruben Faria (KTM) passou com o oitavo tempo, perdendo mais de sete minutos para o líder Coma.
    Nos automóveis, Carlos Sainz (Volkswagen) está na liderança à passagem pelo km143, 1m08s à frente do seu colega de equipa Giniel De Villiers e 1m17s de Nasser Al-Attiyah, também em Volkswagen. Stephane Peterhansel (BMW) continua a perder tempo, a mais de três minutos de Sainz.

  14. #599
    Avatar de aiam
    Registo
    May 2007
    Posts
    4.596

    Padrão Portugueses entre os primeiros nas motas


    Hélder Rodrigues e Ruben Faria continuam a dar cartas nas motas.



    Os "motards" portugueses Hélder Rodrigues e Ruben Faria voltaram hoje a classificar-se entre os primeiros na oitava etapa do Dakar2011, ao serem respectivamente quarto e sexto, numa tirada em que o espanhol Marc Coma reforçou a liderança.

    Em automóveis registou-se uma alteração na liderança, com Nasser Al-Attyah (Volkswagen) a vencer a etapa e passar para primeiro, ultrapassando o espanhol Carlos Sainz (Volkswagen)

    Marc Coma (KTM) foi o primeiro a chegar a Copiapo, no deserto de Atacama, um dura tirada de 508 quilómetros que cumpriu em 6:05.02 horas. O francês Cyril Desprez (KTM), voltou a ser o segundo, a 1.55 minutos de Coma, reforçando também o segundo posto.

    Hélder Rodrigues (Yamaha) foi o quarto melhor, a exemplo do que sucedera na véspera, hoje com a 8.33 do primeiro. Um pouco mais atrás, em sexto, Ruben Faria (KTM), ficou a 29.06. Na geral individual, os "motards" lusos estão em quarto e quinto lugares.

    O piloto português da Yamaha considerou a etapa como "a mais dura" deste Dakar, sobretudo pela acção das pedras e o pó levantado. "Acredito que nada está perdido e por isso vou continuar a atacar fortemente como tenho vindo a fazer nos últimos dias”, adiantou.

    Reviravolta na frente da classificação dos automóveis, com Al-Attiyah a ganhar 6.36 ao seu colega de equipa, pelo que agora lidera a geral, com 28:39.50 horas, estando Sainz a 5.14.

    O português Ricardo Leal dos Santos (BMW) foi sétimo na etapa, a 1:18.38 horas do piloto do Qatar. Na geral, subiu para sexto lugar, a 4:47.56 do primeiro, e já com mais de duas horas de avanço sobre o sétimo.

    Terça-feira cumpre-se a nona etapa, com partida e chegada a Copiapo - um circuito mais curto (235 quilómetros), mas com a sequência de dunas mais extensa e complicada até ao momento.


    sapo desporto

    _____________
    O Desporto não dá mais anos à vida, mas dá mais vida aos anos. Por isso pratique-o regularmente.

  15. #600

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Hélder Rodrigues: "Esta foi a etapa mais dura que vivi neste Dakar"

    Hélder Rodrigues, Marc Coma, Cyril Despres e «Chaleco» intensificam ritmo no Dakar

    Um percurso extremamente variado, traçado em paralelo à costa do Pacífico, levou hoje (segunda-feira, 10 Janeiro) a caravana do Rali Dakar Argentina-Chile 2011 até às proximidades de Copiapo, depois de cumpridos 508 quilómetros de uma especial onde as dunas voltaram a ter uma presença marcante.
    Hélder Rodrigues continua em destaque, mantendo o título de melhor português e melhor piloto Yamaha em competição. Quarto mais rápido do dia, a 8’38 minutos do espanhol Marc Coma, Rodrigues mantém assim a sua posição na classificação geral - somando nesta altura já 33 horas e 34 segundos de prova.
    Marc Coma reforça liderança; Portugueses voltam a atrasar-se
    Para Rodrigues, a principal dificuldade desta jornada residiu no facto de ter andando sempre sozinho; “Esta foi sem dúvida a etapa mais dura que vivi neste Dakar, sobretudo no início o perigo foi grande devido às pedras e ao pó que caracterizou o percurso que era fora de pista. Por isso joguei pelo seguro e não forcei a aproximação ao Coma, acabando por ficar sozinho durante os 500 quilómetros da especial - o que me fez perder um pouco o ritmo. Mas acredito que nada está perdido e por isso vou continuar a atacar fortemente como tenho vindo a fazer nos últimos dias”.
    Amanhã cumpre-se a nona etapa do Rali Dakar Argentina-Chile, onde pela primeira vez terá lugar uma partida em linha que colocará lado a lado os dez primeiros pilotos do topo da classificação. Com partida e chegada a Copiapo, este circuito será mais curto (235 quilómetros de especial) mas pleno de intensidade - com a sequência de dunas mais extensa e complicada até ao momento.
    Classificação 8ª etapa (motos):
    1. Marc Coma (KTM), 06h05m02
    2. Cyril Despres (KTM), +01m55
    3. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), +04m21
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +08m38
    5. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +25m03
    6. Ruben Faria (KTM), +29m06

    29. Pedro Oliveira (Yamaha), +01h16m58
    Classificação geral após 8ª etapa (motos):
    1. Marc Coma (KTM), 08h18m52
    2. Cyril Despres (KTM), +09m19
    3. Francisco Lopez Contardo (Aprilia), +22m48
    4. Helder Rodrigues (Yamaha), +41m42
    5. Ruben Faria (KTM), +01h09m59
    6. Pal Anders Ullevalseter (KTM), +02h02m26
    7. Juan Pedrero Garcia (KTM), +02h03m01

    24. Pedro Oliveira (Yamaha), +06h16m41

Página 40 de 44 Primeiro ... 3039 40 41 ... Último

Tópicos Similares

  1. Passeio todo terreno
    Por cprcosta no fórum Convívios
    Respostas: 1
    Último Post: 22-12-2013, 21:55
  2. Road Books de Todo-Terreno
    Por satteam no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 7
    Último Post: 22-12-2009, 02:05
  3. Manuais de Viaturas Todo-o-Terreno
    Por F.B.I. no fórum Automoveis Todo-o-Terreno
    Respostas: 0
    Último Post: 03-01-2009, 23:03
  4. Todo o terreno
    Por Opium® no fórum Videos
    Respostas: 1
    Último Post: 26-04-2008, 23:33
  5. Todo-o-terreno no Piódão
    Por satteam no fórum Vídeos, Fotos e Eventos
    Respostas: 0
    Último Post: 28-03-2008, 00:52

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar