A igreja de São Martinho do Peso (Mogadouro) ficou parcialmente destruída na sequência de um incêndio que deflagrou pelas 21h00 de sábado, dia de Natal.

"Um curto-circuito provocado pela iluminação do presépio que se encontrava montado junto de um dos altares do templo poderá estar na origem do sinistro", explicou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro, António Salgado.

Ainda de acordo com o comandante, quando os bombeiros chegaram já a população o incêndio "dominado", restando apenas fazer o rescaldo e tratar da segurança do igreja.

Os danos provocados pelas chamas são "significativos", já que os cinco altares da igreja foram afectados, havendo mesmo um que ficou parcialmente destruído, enquanto os outros sofreram danos "avultados" provocados pelo fumo gerado pelo incêndio, acrescentou o presidente da Junta de Freguesia local, Vítor Coelho.

"Houve imagens de santos que ficaram reduzidas a cinzas", acrescentou o autarca. "Vamos fazer uma intervenção de imediato ao nível da cobertura da igreja, já que com as altas temperaturas que verificaram, o tecto e o telhado ficaram destruídos, o que permite a infiltração da água da chuva e do gelo", concluiu Vítor Coelho.

O alerta foi dado por uma jovem que passava nas imediações da igreja e se apercebeu do fumo que saía do interior do templo, alertando as pessoas que se encontravam num café das proximidades. Os bombeiros de Mogadouro deslocaram para o local seis elementos apoiados por duas viaturas. A GNR tomou conta da ocorrência.

Correio da Manhã