O Panathinaikos venceu o Xanthi por 0-2, em jogo da 16ª jornada do campeonato grego. O resultado permite à equipa orientada pelo português Jesualdo Ferreira reforçar o segundo lugar da prova, com 34 pontos, a dois do líder Olympiakos, mas com mais um jogo efectuado.

O grande momento do encontro aconteceu logo no primeiro minuto, quando o francês Djibril Cissé abriu o activo num chapéu perfeito ao guarda-redes do Xanthi que resultou num «golaço». O relógio tinha acabado de chegar ao segundo 33. O passe para o golo veio dos pés do ex-benfiquista Katsouranis que viria, ainda, a assistir Christodoulopoulos, autor do 0-2 final, em cima do minuto 90.

No final do encontro, Jesualdo Ferreira salientou a «justiça» da vitória, apesar da dificuldade em atingir um resultado que acalmasse as hostes mais cedo.

«Os jogadores estavam a fazer os possíveis para segurar a vitória, mas essa mentalidade tem de mudar. É preciso pensar em marcar mais golos. Ainda estamos longe da equipa que pretendo, mas caminhamos para estar a 100 por cento», afirmou o treinador português no final do encontro, em declarações reproduzidas pela imprensa grega.
"MF"