O Estado português colocou hoje sete mil milhões de euros de obrigações do Tesouro a cinco anos, numa operação sindicalizada por seis bancos.

Este valor é mais do dobro do montante indicativo para a operação, que era de três mil milhões de euros.

Hoje, a Bloomberg noticiou que o Estado português mandatou seis bancos para realizar a colocação de uma linha de Obrigações do Tesouro a cinco anos.

De acordo com a agência noticiosa, Barclays Capital, BNP Paribas, Caixa Banco de Investimento, Deutsche Bank, HSBC e Morgan Stanley terão sido os bancos mandatados pelo Estado português para o que deverá ser uma colocação sindicada de dívida.

Lusa/ SOL