A multidão que compareceu à manifestação Geração à Rasca, as novas medidas de austeridade anunciadas pelo Governo e o voto contra do PSD são alguns dos temas que fazem os destaques dos jornais de hoje.

«Gerações à rasca» é a manchete do Jornal de Notícias, escrito sob uma fotografia que preenche metade da primeira página, acrescentando que a contestação juntou avós, pais e filhos e que a iniciativa surpreendeu o sistema partidário.

«Geração à Rasca arrasta pais e avós para a rua», titula o Público, adiantando que centenas de milhares manifestam-se no Porto e em Lisboa.

O Correio da Manhã mostra também uma fotografia da manifestação sob título «País à rasca enche as ruas a pedir trabalho» e adiantando que a concentração em Lisboa contou com mais de 200 mil pessoas.

Também com uma fotografia da concentração no Rossio, o Diário de Notícias conta que a «Geração à rasca mobilizou 300 mil em protesto por todo o país», segundo os organizadores.

«Novas medidas de austeridade são primeiro passo para Governo obter ajuda europeia», adianta o Público em manchete, referindo que os países do euro condicionam acesso ao novo fundo de socorro a mais aperto orçamental e acrescentando que «PS leva novo PEC à aprovação do Parlamento» e «Passos Coelho reitera voto contra».

O jornal destaca ainda que «Depois da devastação do sismo Japão enfrenta pior desastre nuclear desde Chernobil» e diz que o acidente nuclear de Fukushima foi o terceiro mais grave de sempre.

O DN faz manchete com «Deputados receberam 4 milhões em 7 anos para voltar à vida civil» E diz que as empresas que os nossos parlamentares têm participações legais obtiveram lucros de 111 milhões e noticia que do hemiciclo já saíram 21 arguidos em casos de justiça nos últimos 3 anos.

O jornal realça ainda uma entrevista ao constitucionalista Jorge Miranda, na qual afirma que «O Presidente tem de tirar as consequências do seu discurso».

O título principal do CM diz «Governo corta salário a superjuiz» e adianta que Carlos Alexandre deixou de receber complemento salarial por acumular funções na área da justiça militar e que a falta de pagamento coincide com a entrada do caso que envolve Armando Vara e José Sócrates no tribunal.

O jornal noticia ainda que «Plano de austeridade leva 70 milhões em subsídios» e diz que a malha apertada na atribuição de apoios.

Os jornais destacam ainda que «Protesto para camionistas à meia-noite e por tempo indeterminado», que «Explosão em central nuclear [no Japão] lança receios de nova Chernobyl» e que «Plenário de professores ameaça com greve a exames e avaliações».

Nos desportivos, A Bola e o Record fazem manchete com a expulsão de Javi no jogo entre SC Braga e Benfica, com A Bola a afirmar que «Observador confirma que Javi foi mal expulso» e o Record a escrever «Javi foi mal expulso».

O Jogo faz manchete com «Mais balbúrdia» na sequência de queixas de Rui Gomes da Silva de agressão no Porto.

Sol/Lusa