O Parlamento haitiano rejeitou terça-feira a nomeação de Daniel-Gérard Rouzier para o cargo de primeiro-ministro, designado pelo presidente Michel Martelly.
Segundo a agência AFP, 42 deputados, a maioria dos quais do Inité, partido do antigo presidente haitiano René Préval, votaram contra, 19 a favor e três abstiveram-se.

Durante os debates prévios à votação, que levaram na segunda-feira à interrupção da sessão plenária, muitos deputados levantaram dúvidas sobre a idoneidade de Daniel-Gérard Rouzier, já que é fundador da empresa elétrica E-Power, que tem contratos com o Estado haitiano.

Diário Digital / Lusa