Cerca de 750 mil funcionários públicos estão hoje em greve em protesto contra os planos do governo de mudar o sistema de pensões de reforma.

A greve de 24 horas foi convocada por cinco sindicatos que representam cerca de 750 mil funcionários públicos britânicos, o que faz deste protesto um dos maiores dos últimos anos.

Além de professores e funcionários que inspeccionam os passaportes nos aeroportos, portos e estações ferroviárias internacionais, a greve deverá ter adesão também entre inspectores de condução, funcionários de tribunais, de centros de emprego e outros serviços públicos.

Os funcionários públicos britânicos consideram que a reforma de pensões os obrigará a "trabalhar e contribuir mais para ganharem menos dinheiro".

A greve obrigará ao encerramento de várias escolas no Reino Unido e serão realizadas manifestações em várias cidades, como Londres, onde está convocado um protesto em frente à sede do Parlamento de Westminster cerca das 13.15 horas de Lisboa.

As forças de segurança foram mobilizadas para vigiarem os diferentes protestos.




In:JN