Os Portugueses são os Europeus que menos confiança tem nos seus órgãos governativos, segundo um inquérito "Trust & Purpose" realizado nos últimos dois anos. A confiança lusa nos governantes, caíu 84%, revela a Burson-Marsteller, citada pela agência Lusa. Segundo o estudo desta empresa especializada em relações públicas e comunicação, a seguir aos Portugueses, só os Gregos e os Espanhóis, foram os que mais perderam a confiança nos governos nacionais, com quebras de 78% e de 77%, respectivamente. A pesquisa mostra que a perda de confiança em relação aos órgãos de governo nacionais afecta toda a Europa com uma queda média de 51%, superior à perda de confiança face ao Parlamento Europeu e à Comissão Europeia, de 32% e 33%, respectivamente.

Quinta, 30 Junho 2011 11:15