A Construlink anunciou hoje que vai mudar de nome para Gatewit. A empresa, especialista em plataformas de ebusiness, faz o rebranding numa altura em que assinala dez anos de actividade.De acordo com a informação detalhada numa nota de imprensa, a nova marca "reflecte o início de um novo ciclo de crescimento em novos mercados, através da diversificação de soluções associadas a plataformas electrónicas e da entrada noutros países".A assinatura associada à marca - que resulta da conjugação das expressões gateway (caminho, portal, entrada, acesso) e IT (information/inteligent technologies) - passa a ser "Empowering ePlatforms". O posicionamento mantém-se fortemente direccionado ao e-procurement, área onde a empresa desenvolve soluções, plataformas e aplicações dirigidas a empresas e ao sector público. "Após uma década de crescimento, decidimos projectar um novo ciclo e uma nova ambição", justifica Pedro Paulo, CEO da Gatewit. As novas ambições da Gatewit passam pelos mercados internacionais, "especialmente na Europa e América do Sul", acrescenta o responsável na mesma nota de imprensa. A ex-Construlink está no mercado desde 2001 e nasceu de um projecto de juntou docentes do Instituto Superior Técnico. Conta actualmente com 80 colaboradores e, além de Lisboa e Porto, está em Espanha e no Brasil. Entre os projectos nacionais de maior destaque contam-se as plataformas www.construlink.com, www.mercadoaberto.net e www.compraspublicas.com. No evento em que anunciou a mudança de nome, a empresa anunciou uma nova plataforma: O Poder de Mudar Portugal.A nova plataforma pretende "ligar a Sociedade Civil aos decisores políticos, tirando partido da estreita relação da Gatewit com estes protagonistas", explica um comunicado.

In:tek.sapo.pt