O novo imposto extraordinário sobre o IRS vai representar uma receita de 1.025 milhões de euros para o Estado português, dos quais 840 milhões de euros serão cobrados já este ano e 185 milhões em 2012.

Esta divisão significa que 80% da receita do imposto será cobrado este ano, deixando 20% para 2012.

Leia mais em Dinheiro Vivo, a sua nova marca de economia



In:JN