O Twitter passou a permitir que os partidos políticos e os candidatos a eleições comprem espaço para anunciar na sua rede de microbloging
Por agora esta possibilidade apenas está disponível nos EUA e entre os que já aderiram à nova possibilidade estão cinco dos candidatos republicanos às eleições internas para escolha do candidato do partido às próximas presidenciais.
O primeiro a fazer uso desta nova plataforma foi Mitt Romey, ex-governador do Massachusetts que aproveitou para declarar: «Não podemos suportar mais quatro anos de falta de liderança».
O Twitter já era usado pelos candidatos através de contas pessoais, mas agora permite também a compra de espaço publicitário tornando-se em mais uma plataforma para as campanhas eleitorais.
Para se distinguirem dos outros anúncios publicitários as mensagens de propaganda política serão acompanhadas por um ícone púrpura e com um disclaimer da FEC (Comissão Eleitoral Federal)


SOL