Um britânico de 46 anos atacou um adolescente depois de este ter ganho uma partida on-line no videojogo de guerra «Call of Duty: Black Ops»
O caso teve lugar na localidade de Plymouth no início de Julho e está actualmente a ser julgado.
Segundo avança a imprensa local Mark Bradford, um homem de 46 anos e pai de três filhos, está a aguardar sentença pelo ataque a um jovem de 13 anos.
Em tribunal Mark Bradford admitiu que foi a casa da vítima e tentou estrangulá-la depois de o jovem ter gozado com ele, na sequência de uma partida on-line de «Call of Duty: Black Ops», na qual o jovem tinha assassinado Mark virtualmente.
Citado pela imprensa local o advogado de Mark Bradford alega que o seu cliente tem problemas mentais e «passou-se» quando foi provocado.
A sentença deverá ser conhecida dentro de um mês.


SOL