De manhã os utilizadores do Twitter estão bem dispostos mas ao longo do dia o humor vai-se degradando
Esta é a conclusão de um estudo publicado na revista Science, que recorrer às mensagens deixadas nesta rede social para analisar o estado de humor de 2,4 milhões de utilizadores em 84 países.
O estudo analisou as mensagens deixadas ao longo de dois anos e concluiu que o tipo de trabalho e a duração da jornada laboral são factores que explicam o stress, a alegria, o entusiasmo, a cólera e a angústia dos utilizadores do Twitter.
Quem usa o Twitter está de melhor humor de manhã e à noite revela o estudo, sendo que ao longo da jornada de trabalho os utilizadores passam por fases menos positivas no que respeita ao seu ânimo, o que leva à conclusão de que o trabalho é o factor que mais contribui para o stress das pessoas. Também aos fins-de-semana a percentagem de tweets positivo é maior, embora.
De acordo com esta investigação não há diferenças a nível cultural
O estudo foi realizado por Scott Golder e Michael Macy, que são, respectivamente, investigador e professor de sociologia na Universidade de Cornell, em Nova Iorque, que concluíram que os resultados são uniformes a nível global, ou seja não há influência cultural no teor das mensagens colocadas no Twitter.


SOL