O presidente do Sporting encarou hoje o apoio de Luís Duque a Carlos Marta, candidato à presidência da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), como «uma iniciativa pessoal» que «não vincula» o clube.

«O presidente entendeu a presença de Luís Duque na apresentação de candidatura de Carlos Marta como um apoio pessoal que advém da amizade que os une», disse à agência Lusa fonte próxima de Godinho Lopes, esclarecendo que esse apoio «é da exclusiva responsabilidade» do atual vice-presidente e administrador da SAD e que «não representa a posição oficial do Sporting».

De resto, a mesma fonte remeteu para as declarações proferidas por Godinho Lopes a 08 de outubro em Mangualde, durante uma reunião com núcleos sportinguistas, quando manifestou apoio à candidatura de Fernando Gomes à presidência da FPF.