O futuro de Capdevila não deverá mesmo passar pela continuidade no plantel encarnado, mas sim pela saída durante o mercado de transferências de Janeiro, estando o seu empresário já em campo em busca das melhores alternativas para o lateral-esquerdo espanhol de 33 anos.

Horacio Gagioli adiantou ontem, em declarações à Rádio Renascença, que está "a trabalhar para solucionar a situação da transferência de Capdevila", reconhecendo que, neste momento, "ainda não há nada de concreto". Certo é que o lateral-esquerdo está afectado pelo momento que está a viver no Benfica. "Ele está triste, mas a vida é assim", referiu o representante do defesa.

Já vários clubes foram apontados como estando interessados no lateral campeão do mundo e europeu, cobiça que resulta do facto de o seu nome ter sido riscado da lista final da inscritos do Benfica na Liga dos Campeões e por não entrar nas contas de Jorge Jesus para a titularidade nas competições nacionais. Até ao momento, Capdevila alinhou em dois jogos (Feirense e Portimonense) num total de 16 possíveis.

"JG"