Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         brunoribeiro2.jpg
Visualizações:	16
Tamanho: 	24,6 KB
ID:      	95494


O treinador do Vitória de Setúbal, Bruno Ribeiro, comentou esta segunda-feira o possível alargamento da Liga, de 16 para 18 equipas. O técnico sadino concorda e considera que a medida seria benéfica para os clubes.

«O alargamento é bom para as equipas. Seriam mais quatro jogos, o que significa mais receitas e maior competitividade. É bom para os clubes da Liga e da Liga Orangina», referiu Bruno Ribeiro.

Sobre a hipótese do alargamento já para a próxima temporada, Bruno Ribeiro aponta aspetos positivos e negativos. Mas, por enquanto, prefere não pensar na medida.

«Sem descidas, podíamos começar já a preparar a próxima época, lançar mais jogadores jovens, mas não seria interessante a nível desportivo. Vamos ver o que vai acontecer. Neste momento descem duas equipas e vamos lutar pela nossa manutenção», sublinhou o treinador.

Por último, o técnico setubalense comentou a criação e inclusão das equipas B na Liga Orangina, já na próxima temporada. Bruno Ribeiro aponta o Marítimo como um exemplo a seguir, mas admite que é quase impossível ao Vitória criar uma formação secundária:

- Claro que era bom termos uma equipa B, até para aproveitar a excelente equipa de juniores que temos. O Vitória não tem condições financeiras para criar uma equipa B, mas todos os clubes deviam ter uma. O Marítimo é o melhor exemplo. Está sempre a lançar bons jogadores na equipa principal e, no futuro, podem ser mais-valias financeiras.

" A BOLA"