A Lamborghini abriu o Salão de Genebra em grande, na altura em que mostrou o seu Aventador J. Um modelo único baseado no Aventador que já conhecemos, mas que representa tudo aquilo que a marca italiana aprendeu a fazer ao longo das últimas décadas.
O Aventador J é um roadster sem para-brisas, que se aconselha a guiar com capacete. Quase todo feito em carbono CFRP, tem dois arcos de protecção adicionais atrás dos encostos de cabeça e dispensa navegação ou ar condicionado, para ser o mais leve possível. Até os bancos são feitos de pele de carbono, um polímero compósito chamado Carboskin, para ter um peso total de 1575 kg, mesmo incluindo o pesadíssimo motor de 6.5.L V12 de 700 CV, a tracção integral as 4 rodas e a transmissão ISR.
Há quem olhe de lado e desdenhe, preferindo achar este Aventador mais para ser dirigido pelo Batman do que para o comprador comum. A única unidade do Aventador J custa 2,1 milhões de euros, e segundo Stephan Winkelmann, presidente da Lamborghini, já tem vários interessados.

Com uma velocidade superior a 300 km/h, e linhas tão corpulentas, o Lamborghini Aventador J assume-se como o superdesportivo mais radical da história da marca italiana.