Sul-americanos traficavam cocaína entre carvão importado


Cinco homens sul-americanos foram detidos pela Polícia Judiciária, numa operação internacional que desmantelou parte de uma rede de tráfico de droga.

A cocaína tinha como destino Espanha e outros países europeus, e vinha do outro lado do Atlântico entre carvão importado.

De acordo com comunicado da PJ, além das detenções – alguns dos indivíduos tinham inclusive identificação falsa – foram apreendidos 393 kg de cocaína, um carro, cerca de 13 mil euros em dinheiro, 13 telemóveis, um GPS e outros objectos.

Os sul-americanos estão em prisão preventiva, depois de terem sido presentes a primeiro interrogatório judicial.

Em Barcelona, as autoridades espanholas detiveram o presumível líder do projecto criminoso.

A investigação durou meio ano e além da Unidade Nacional Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE) esteve envolvido o Cuerpo Nacional de Polícia espanhol e conseguiu desmantelar o lado europeu de uma rede internacional de tráfico de droga.

A cocaína chegava ao velho continente «dissimulada na importação de mercadorias legais (carvão) com origem na Argentina».

O grupo de suspeitos detidos «denotava forte hierarquia e distribuição de funções específicas, agindo de forma concertada em Portugal, Espanha e na América do Sul».


SOL