De pés assentes no chão. Hugo Viana não embandeira em arco com o primeiro lugar do SC Braga da Liga, nem tão pouco aceita a ideia de que a liderança faça dos guerreiros a melhor equipa da prova.

«Conseguimos um resultado muito bom ao intervalo. Não entrámos muito bem na segunda parte, baixámos as linhas, a Académica teve mais espaço e acabou por chegar ao golo. O Quim não teve a mínima hipótese. Tivemos de sofrer e lutar para segurar a vantagem», admitiu o médio, na
flash interview após o encontro com a Académica.

«Foi a nossa 13.ª vitória consecutiva e foi preciso muito trabalho e sofrimento, como se viu neste jogo. Os adeptos sabem que traçámos um objetivo e um caminho, e vamos continuar da mesma maneira. Enquanto não garantirmos o terceiro lugar, não mudaremos o objetivo», frisou.

«Estamos um ponto à frente do FC Porto, estamos felizes por isso. Mas devemos continuar humildes e pensar jogo a jogo. Estamos na primeira posição mas não vejo por que devemos pensar que somos melhores, nem acho que devemos pensar assim», atirou.


Fonte : A Bola