«Reconheçam os factos», sugere Janko aos críticos


Marc Janko não compreende algumas avaliações menos abonatórias de que tem sido alvo e diz que o número de golos que marcou no Twente justificou a sua contratação pelo FC Porto.

«Li que o FC Porto não seria tão dominante comigo, etc.

É uma luta contra moinhos de vento, na qual não quero participar.

Mesmo num momento como este conseguem encontrar o lado negativo.

É uma luta inglória», começou por afirmar o avançado austríaco, em declarações ao site sport10.

«Em 69 jogos, marquei 35 golos no Twente. Reconheçam os factos», aconselha Janko, ressalvando que tem «todo o respeito pelas opiniões de outros».

Ainda assim, reconhece o avançado que tem sobre os ombros uma herança pesada: «Claro que a pressão existe e as expectativas são enormes.

A minha missão acaba até por ser mais honrosa, se conseguir seguir as pisadas de Falcao».

A Bola