Manuel Cajuda comentou a sua saída do comando técnico do UD Leiria, em março último. O treinador não está desiludido com a experiência no clube leiriense e contou que a saída de Jorge Alexandre, ex-diretor geral, prejudicou a equipa.

«Não foi uma desilusão. Sabia que o caminho ia ser difícil. Não sabia que algumas pessoas iam desistir primeiro do que eu e que a situação seria tão difícil. Jorge Alexandre convidou-me e, passado um mês, desistiu. João Bartomoleu continua a ser um herói resistente», afirmou Manuel Cajuda, esta segunda-feira, à margem do primeiro Encontro sobre Futebol, em Vila Franca do Rosário.

O UD Leiria é penúltimo classificado da Liga e luta pela salvação. Manuel Cajuda torce pela permanência, mas considera-a muito complicada.

«Acredito que o UD Leiria ainda depende de si, mas o caminho está cada vez mais complicado», referiu.

Atualmente sem clube, Manuel Cajuda adiantou que deverá voltar a treinar brevemente, mas fora de Portugal.


Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ce4c49b373f7c547ddeac5c43857ac4154c77bb1.png
Visualizações:	15
Tamanho: 	2,9 KB
ID:      	99377