Após a derrota (2-3) com o Emelec, no Equador, para a Libertadores, os jogadores do Flamengo foram obrigados a despistar, não só os jornalistas, mas também os adeptos que programaram receção menos calorosa no aeroporto do Rio de Janeiro. Críticas a Ronaldinho, que não tem justificado o investimento, sobem de tom.

«Esta semana, [Ronaldinho] faltou a dois treinos. Está a tornar-se rotina, queixa-se de dores no peito. Ele está a ganhar cerca de 208 mil reais [87 mil euros] por jogo, tendo em conta o salário de 1,250 milhões de reais [cerca de 524 mil euros] divididos por seis jogos. Está a ganhar mais que Roberto Carlos, o cantor», afirmou Delair Dumbrosck, antigo dirigente do Fla, citado pelo portal
Terra.

A derrota com o Emelec deixou o Flamengo no último lugar do Grupo 2 da Libertadores. No aeroporto estavam cerca de 15 adeptos, que aguardavam os jogadores com ovos na mão. A comitiva acabou por evitar o aparato saindo por um acesso secundário. «Se não os apanharmos hoje, apanhamos amanhã na Gávea», diziam alguns dos adeptos.


Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         111.png
Visualizações:	17
Tamanho: 	2,9 KB
ID:      	99523