Chegou o Verão. Mas agora surge a questão: o que fazer?


Chegou o Verão sinónimo de férias escolares. Surge então a grande questão: Como vou ocupar o meu tempo?

Claro que nos primeiros dias é fácil, dormir, pôr algumas coisas em dia, carregar as baterias. Mas depressa te fartas dos jogos da playstation e da série de verão dos Morangos com Açúcar (depende dos gostos de cada um).

E volta de novo a grande questão: que faço?


Ora bem nós podemos dar-te algumas dicas, mas depois tudo depende dos teus interesses e da tua maneira de ser. É nas férias que podes fazer aquilo que mais gostas. Escolher a actividade que mais te diverte. Ou aquela que gostarias de experimentar.


Voluntariado


É uma boa opção para aproveitares as tuas férias. De verão a mais importante é a vigilância das florestas. Mas de qualquer forma informa-te na tua junta de freguesia ou câmara municipal, pois podem ter alternativas de verão para jovens voluntários. É uma forma de aproveitares o teu tempo, estares ocupado, aprenderes e ao mesmo tempo a seres útil à sociedade.


Cursos de Verão


Cursos de Línguas no estrangeiro. Funcionam em colégios que aproveitam as férias de Verão dos seus alunos para promoverem cursos de línguas para estrangeiros, a maioria funciona em regime de internato ou em residências familiares.

A estes cursos, que têm em média duas semanas, estão associadas actividades temáticas e visitas culturais que asseguram, segundo as agências de viagens, pelo menos uma visita de dia inteiro todas as semanas.


Programas promovidos pelo IPJ


São vários os programas que o IPJ põe ao teu dispor para ocupares os teus dias de férias, tu só tens de escolher o que mais te agradar. A satisfação é garantida.


Campos de Férias


Os Campos de Férias são uma solução muito positiva e cada vez mais procurada para estares ocupado/a enquanto o resto da família não tira férias. Soluções deste tipo já existem há bastante tempo e com variantes, desde as colónias de férias (abertas ou fechadas) de empresas para os filhos dos trabalhadores a acampamentos (como fazem os escuteiros) e até viagens.



fonte:sapo