Depois da Índia, foi a vez de o Paquistão testar um míssil balístico de longo alcance, um ensaio que foi considerado um «êxito», de acordo com um comunicado das autoridades locais.

O «Shaheen 1A», uma versão melhorada do «Shaneen 1», foi lançado esta quarta-feira no oceano Índico, uma semana depois de a Índia, seu país rival, ter lançado um míssil de longo alcance, o «Agni».

Os dois países disputam a região da Caxemira, envolveram-se em três guerras (1947, 1965 e 1971) e lutam pela supremacia balística no sul da Ásia, onde são os únicos com nuclear.



lusa