A britânica Jackie Green, de 18 anos, tornou-se a primeira transexual a chegar às meias-finais do Miss Inglaterra, após vencer na categoria Miss Popularidade, com os votos do público.

«Quero chamar a atenção para o facto de que as pessoas transgénero são normais e de que temos os mesmos direitos que os demais», disse Jackie, na sua inscrição para o concurso.
«Também pretendo ajudar a ONG da qual faço parte, que dá apoio a crianças transgénero e às suas famílias», afirmou.
Jackie foi citada pelos media britânicos como a pessoa mais jovem do mundo a passar por uma cirurgia completa de mudança de sexo, já que fez a operação no dia de seu aniversário de 16 anos, na Tailândia.
No Reino Unido, menores de idade não podem passar pelo procedimento.
Segundo a sua família, desde pequeno, o menino, que então se chamava Jack, insistia em usar roupas femininas e dizia sentir-se uma menina presa no corpo errado.
Após ter sido vítima de bullying, teria ameaçado cortar os seus genitais com uma faca e teria tentado o suicídio diversas vezes.
Agora, após conseguir o apoio do público no concurso, Jackie sonha em conseguir o título de Miss Inglaterra, mas as suas ambições não param por aqui. Também quer desfilar para a estilista Vivienne Westwood no futuro e entrar no cinema.
«Quero mostrar às crianças na minha situação que tudo é possível, desde que se seja autêntico e não se deixe abater», diz.
As finais do concurso Miss Inglaterra acontecem em Leicestershire, a 30 de Maio.

Fonte: Diário Digital