Avião com 50 pessoas a bordo desaparece na Indonésia

Um avião civil novo de fabrico russo transportava hoje 50 pessoas quando desapareceu enquanto sobrevoava uma região montanhosa da Indonésia durante uma demonstração para potenciais compradores e jornalistas.
As equipas de busca e salvamento tentaram chegar ao local, mas o mau tempo obrigou os dois helicópteros enviados a regressar.
O avião Sukhoi Superjet-100 descolou do aeroporto de Jacarta e o contacto com os controladores aéreos foi perdido 21 minutos mais tarde quando o aparelho sobrevoava a cordilheira de Salak, instantes depois de os pilotos terem pedido permissão para baixar a altitude de 3 mil para 1800 metros.
Ainda não se sabe o que terá acontecido, até porque à hora do acidente o tempo não estava instável.
O avião era o primeiro exclusivamente desenhado e produzido na Rússia desde o fim da União Soviética. Os russos tinham esperança que este modelo os ajudasse a entrar num mercado dominado pela Boeing e a Airbus.
Para a apresentação deste aparelho, o fabricante organizou uma viagem de apresentação pela Ásia.
A Indonésia foi a quarta paragem desta tour, depois da Birmânia, Paquistão e Cazaquistão. Deveria seguir agora para o Laos e o Vietname.

AP/SOL