TAP cancela 30 voos devido a greve dos controladores aéreos

A TAP cancelou cerca de 30 voos de médio curso previstos para sexta-feira, devido à anunciada greve dos controladores aéreos, que se vai distribuir por três períodos de duas horas por turno.
De acordo com as informações disponíveis na página da Internet da transportadora aérea nacional, a greve dos controladores aéreos vai obrigar a fortes restrições no tráfego ao longo de todo o dia, o que provocou a necessidade de cancelar perto de 30 voos de médio curso, reorganizar todo o plano de voos para o dia e alterar horários de forma a evitar os períodos de greve.
A TAP assegura ainda na sua página de Internet que todos os passageiros afectados estão a ser contactados no sentido de se encontrar a melhor alternativa possível.
De acordo com a lista dos voos cancelados, que teve a sua última actualização às 19h de quarta-feira, são sobretudo ligações domésticas e para a Europa ocidental que serão afectadas, quer nas partidas, quer nas chegadas nos aeroportos de Lisboa e Porto.
Cinco sindicatos que representam os trabalhadores da NAV apresentaram novos pré-avisos de greves parciais para os dias 11, 17, 18, 24 e 25 de Maio.
As paralisações vão decorrer em três períodos de duas horas por turno: das 7h às 9h, das 14h às 16h e das 21h às 23h (hora do continente e da Madeira).
Os sindicatos que representam os trabalhadores da NAV avançaram para a greve para contestar a «continuada» ausência de respostas do Governo para a situação de «instabilidade social sem paralelo» na empresa.
As estruturas sindicais alegam estar há mais de um ano a chamar a atenção dos governantes para «o prejuízo» das medidas orçamentais em vigor para os funcionários, a empresa e o país.

Lusa/SOL