GNR apreende 172 pés de papoilas de ópio num quintal do Alentejo

Um total de 172 pés de papoilas, semelhantes à espécie da qual é sintetizado o ópio, foi apreendido pela GNR em Vendas Novas, no quintal de uma casa, divulgou hoje a força de segurança.
A apreensão foi efectuada na quarta-feira, por elementos do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Montemor-o-Novo, divulgou o Comando Territorial de Évora.
As plantas, segundo a GNR, encontravam-se dissimuladas numa cultura de alhos e eram «em tudo semelhantes à papoila da qual é sintetizado o ópio», cientificamente designada como Papaver Somniferum.
Os pés de papoila estavam plantados no quintal de uma casa em Vendas Novas, propriedade de um homem de 58 anos.
«Perante a constatação de estar perante uma plantação ilegal, o proprietário arrancou de imediato, por iniciativa própria, todos os pés, fazendo a entrega destes aos militares», relatou a GNR.
Os militares procederam a realização do teste de despistagem de droga, o qual reagiu positivamente a opiáceos.
A situação foi comunicada ao Ministério Público.

Lusa/SOL