China: Mulher explode bomba por lhe tirarem a casa

Uma mulher, revoltada com a compensação que lhe foi oferecida por ser expropriada da casa onde vivia, suicidou-se ao detonar vários explosivos que prendeu ao próprio corpo, matando ainda outras duas pessoas e ferindo 14.
A agência de notícias chinesa Xinhua News descreve que o incidente teve lugar na cidade de Zhaotong da província de Yunnan, mas a identidade da mulher ainda não foi revelada.
As expropriações são muito comuns na China sempre que as autarquias vendem terras para novos projectos.
Os habitantes nem sempre são indemnizados e outros recebem quantias irrisórias.
Já houve outros casos de pessoas que se imolaram em protesto de ficarem sem os seus terrenos.

AP/SOL