Explosão em fábrica de Torres Novas faz um ferido grave

Uma explosão numa fábrica de pirotecnia, em Torres Novas , provocou hoje um ferido grave e danos avultados no edifício, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.
Segundo a fonte, a explosão deu-se cerca das 16h30 numa fábrica de pirotecnia situada no bairro de S. Domingos, tendo o ferido sido inicialmente transferido para o hospital de Torres Novas e posteriormente transportado num helicóptero do INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica) para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa.
O ferido, com 39 anos de idade, sofreu queimaduras em 80 por cento do corpo, disse à Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).
José Carlos Pereira, segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Torres Novas , disse à Lusa que o ferido é trabalhador da fábrica de pirotecnia Martins e Martins Lda.
O homem encontrava-se sozinho no interior da estufa onde se deu a explosão, acrescentou.
José Pereira disse que a explosão destruiu um pavilhão feito de alumínio, tendo danificado ainda alguns edifícios próximos dentro do perímetro da fábrica.
Segundo disse o segundo comandante, a fábrica situa-se numa das extremidades da cidade de Torres Novas , mas afastada de outras construções.
Na sequência da explosão ficaram ainda feridos gravemente dois cães que se encontravam nas proximidades, afirmou.
No local estiveram 21 elementos e seis viaturas dos Bombeiros Voluntários de Torres Novas , bem como elementos da PSP e da GNR, estando o Núcleo de Investigação de Armas e Explosivos da Polícia de Segurança Pública a recolher indícios que possam ajudar a apurar as causas da explosão.
O trabalho de rescaldo só prosseguirá depois dos inspectores concluírem o seu trabalho, para não se danificarem provas, adiantou.

Lusa/SOL