1. #1
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão Carros Avançados Para a Época

    À medida que os carros ficam cada vez mais tecnologicamente avançados, é importante olhar para trás e ver como surgiram coisas que hoje são corriqueiras – e talvez até encontrar algumas ideias antigas que seriam muito bem vindas hoje.
    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:26.

  2. #2
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão Cadillac Type 53

    A Cadillac é uma marca de luxo na indústria automóvel pertencente à General Motors. A sua actuação abrange mais de 50 países, sendo seu principal mercado, o norte-americano. A Cadillac tornou-se pioneira em diversas tecnologias como os carros totalmente fechados, e a primeira a usar chave para ligar o motor em substituição das antigas e desconfortáveis manivelas. Durante a Primeira Guerra Mundial, os motores aeronáuticos tiveram um grande desenvolvimento técnico, dedicando a eles 100% de sua capacidade produtiva. No ano de 1924 a empresa oferecia uma grande quantidade de cores e pinturas cromadas, enquanto as outras montadoras somente ofereciam a cor preta.

    Os controles dos primeiros automóveis eram uma verdadeira panóplia de alavancas, pedais, manivelas, selectores e indicadores que variavam de veículo para veículo.

    O CadillacType 53 foi o primeiro carro a implantar controles que tornaram-se padrão hoje em dia:
    - Mudanças e travão de mão entre os assentos dianteiros;
    - Três pedais: acelerador, travão e embraiagem;
    - Chave do lado do volante para ligar o motor.

    Este carro estava equipado com um motor V8 de 5155 CC de cilindrada e 77 cv.
    Não foi muito bem sucedido, mas teve o mérito de ter sido o precursor do automóvel
    moderno.
    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:27.

  3. #3
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão Lancia Lambda

    Vincenzo Lancia merece muito mais reconhecimento do que recebe pelo pioneirismo tecnológico dos produtos que levam seu nome. O Lambda foi o responsável por quebrar duas barreiras técnicas importantes: a estrutura do carro era um chassi monocoque, extraordinariamente firme para a época, e as rodas possuíam molas independentes.

    O Lancia Lambda é um inovador automóvel produzido de 1922 até 1931. Foi o primeiro carro a contar com um suporte de carga monocoque tipo de corpo ( em que o chassi e a carroçaria ficavam unidos) e também foi pioneira na utilização de uma suspensão independente. Vincenzo Lancia ainda inventou um amortecedor para o carro e tinha excelentes travões nas quatro rodas. Aproximadamente 11.200 Lancia Lambdas foram produzidos. Aquelas máquinas estranhamente esguias foram um grande passo para a dirigibilidade que conhecemos hoje.
    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:27.

  4. #4
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão Cord 810/812

    Os Cords, com seu nariz de caixão, eram carroçarias Art Deco envolvendo tecnologia de ponta:
    - Tracção dianteira;
    - Transmissão com pré-selector;
    - Supercharger no caso do 812;
    - Suspensão avançada;
    - Itens de segurança e conforto como limpadores de para-brisas de velocidade variável;
    - Um rádio.
    Os faróis que desapareciam não eram tão avançados em termos de tecnologia, mas em estética, eram um marco – assim como todo o resto do carro.

    Cord foi fabricado pela Auburn Automobile Company de 1929 a 1932
    e novamente em 1936 e 1937. Aqui um modelo Cord de 1937.

    Curiosidade: A tracção dianteira só se tornou comum nos Estados Unidos em 1980, embora a Citrôen tenha introduzida a tracção dianteira no Traction Avant em 1934; e a Ford ofereceu essa inovação tecnológica no Ford Taunus, construído na Alemanha. Por sua vez, a General Motors tinha esse requisito em dois modelos: Oldsmobile Toronado em 1966, e Cadillac Eldorado em 1967. Como carros de luxo pessoais, estes dois modelos da GM, especialmente o Toronado, foram sem dúvida, influenciado pelo Cord. Os fárois escamoteáveis não se tornou comum como um recurso padrão até os anos 1960 (embora o modelo DeSoto os usou em 1942).
    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:28.

  5. #5
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão Citrôen DS

    A nave espacial favorita de todo mundo continua sendo um dos carros mais exageradamente engenhosos e de maior ambição tecnológica a serem produzidos em grande escala. Enquanto Detroit estava muito ocupada com rabos de peixe e cromados, os Franceses redefiniam o carro de luxo. Alguns dizem que os sistemas do DS foram um beco tecnológico sem saída; outros afirmam que todas as outras marcas ainda não o alcançaram. Tudo o que sabemos é que ele é impressionante até hoje.

    O que é certo é que o Citrôen DS (conhecido pelo nome de Boca de Sapo), fabricado entre
    1955 e 1975, ficou conhecido pela sua carroçaria aerodinâmica de design futurístico e pela
    sua tecnologia inovadora a nível de suspensão hidráulica. Esses itens tornaram-no muito
    avançado para a época.
    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:28.

  6. #6
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão NSU Ro80

    O sedãn ligeiramente desproporcional de 1967, foi um depósito para todas as ideias avançadas da tecnologia automóvel no final dos anos 60:
    - Motor Wankel;
    - Tracção dianteira comandada por uma caixa de velocidades semiautomática;
    - Travões de disco nas quatro rodas;
    - Distância entre eixos longo com um interior absurdamente espaçoso;
    - Excelente aerodinâmica e visual com duas décadas de avanço em relação à época.
    Mas não era muito de confiança, especialmente com o motor Wankel primitivo, o que manchou sua reputação, porém sem diminuir sua influência. Com a reputação arruinada e financeiramente desgastada, a NSU foi adquirida pela Audi em 1969. Porém, isso não resolveu o problema da fiabilidade dos Ro 80: devido à publicidade, Ro 80 nunca recuperou da sua fama de mau carro. A tal ponto os problemas de motor eram conhecidos que a sua popularidade caiu pelas ruas da amargura. Os seus donos decidiram cortar o mal pela raiz, desfazendo-se dos pequenos e leves motores Wankel e substituindo-os por um dos motores mais pesados então existentes no mercado: o Ford V4 "Essex", que então equipava a Transit Mk I. Ironicamente, registe-se um pequeno pormenor: o NSU Ro 80 foi eleito Carro do Ano em 1968, pelas revistas europeias da especialidade!

    O NSU Ro 80 era uma berlina de quatro portas e quase cinco metros de
    comprimento, com as suas formas generosas, uma frente poderosa e uma
    bagageira de grandes dimensões.

    Porém, apesar das debilidades da sua mecânica, o NSU Ro 80 foi um dos automóveis mais avançados tecnologicamente para aquela época. O Ro da sua designação identificava o tipo de motorização que utilizava: dois pequenos motores rotativos Wankel, de 497,5 CC cada, totalizando 995 CC de cilindrada. Estes motores produziam uma potência de 115 cv, valor tanto mais admirável quanto a sua pequena cilindrada. O Ro 80 atingia de velocidade: 180 km/h e acelerava dos 0 aos 100 km/h em 13,1 segundos.
    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:29.

  7. #7
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão Saab 99 Turbo

    A Saab foi uma das poucas fabricantes cujos carros ficaram melhores e mais rápidos durante a Crise do Petróleo de 1973-82. O 99 Turbo era a síntese disso: o motor de quatro cilindros com injecção electrónica e um sistema de turbo compressor bem avançado, movia um carro de visual estranho, porém agradável, que combinava altos níveis de conforto e segurança, estabelecendo padrões na época, e permanecendo respeitável até hoje. O Saab 99 foi produzido entre 1968 e 1984.
    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:29.

  8. #8
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão Porsche 959

    Quando o conceito Porsche Gruppe B foi exibido no Salão de Frankfurt em 1983, era tão avançado que quase não foi levado a sério. Quando a versão de produção foi lançada, em 1986, completa com tracção integral, vetorização de torque, painéis da carroçaria em compósito e um motor originado do 962, o carro ainda estava fazendo as próprias regras. Vinte e cinco anos depois, as outras companhias ainda estão a começar a usar a mesma tecnologia.

    O Porsche 959 foi um modelo produzido entre 1986 e 1988, e visava prioritariamente à participação em ralis (competia na classe "b"). O modelo chegou a participar inclusive do famoso Paris-Dakar. A fim de atender a exigências da FIA, algumas unidades foram posteriormente adaptadas para uso comum. Venceu o Raly Paris-Dakar em 1986, sendo a Porsche a única marca a vencer todos os tipos de corridas e campeonatos aonde correu!
    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:29.

  9. #9
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão McLaren F1

    Não tão complexo como o 959, mas ainda mais avançado em outros aspectos, o F1 ainda é a obra prima de Gordon Murray. O chassi em fibra de carbono abriga um motor V12 de origem BMW extremamente potente com tempo de válvula variável, uma caixa de velocidades compacta, suspensão de ajuste impecável, revestimento de ouro no cofre do motor para evitar super aquecimento. Era um carro tão bem feito que a versão de corrida não se distanciava muito dos carros de rua em termos materiais. Nessa era sobrecarregada de computadores que vivemos, o F1 é uma aula de tecnologia ao serviço da função.

    O McLaren F1 foi construído entre 1993 e 1998. Por duas vezes bateu o recorde de velocidade para um veículo de rua: 386,7km/h. Tal recorde foi possível graças à sua aerodinâmica revolucionária, a sua leveza (o seu chassis é de fibra de carbono, material de alta resistência e leveza e seu motor é feito em alumínio. Tais factores, contribuem para que o carro pese pouco mais que uma tonelada.) e ao seu motor incrivelmente bem ajustado. Também há um registo documentado em vídeo, do carro alcançando a absurda velocidade de 386,7 km/h, tendo como velocidade máxima no velocímetro: 400 km/h.

    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:30.

  10. #10
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Posts
    9.216

    Padrão Honda FCX Clarity

    Com as empresas do ramo automóvel especulando sobre um mundo livre dos combustíveis fósseis, os carros mais avançados a rodar hoje em dia são aqueles que procuram sistemas de propulsão extremamente alternativos. Enquanto as baterias continuam com suas limitações, as células de combustível parecem mais promissoras. A melhor parte do Honda Clarity é que ele está carregado de tecnologia do futuro, mas continua dono de visual e dirigibilidade de um carro normal. É o progresso sem o desconforto que costuma acompanhá-lo.

    O Honda FCX Clarity é o primeiro modelo de série do mundo equipado com célula
    de combustível e movido a hidrogénio. Começou a ser produzido a partir de 2008.
    Última edição por mjtc; 04-03-2018 às 19:31.

Tópicos Similares

  1. Respostas: 0
    Último Post: 27-02-2010, 19:57
  2. Aluguel de Carros Antigos, Carros para Casamento
    Por estela no fórum Casamento
    Respostas: 0
    Último Post: 29-06-2009, 13:07
  3. POI´s carros desmacarados para TT
    Por lcsm no fórum Arquivo
    Respostas: 0
    Último Post: 02-10-2007, 16:50

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar