A tecnologia portuguesa GeoC2, a solução inovadora 3D para comando e controlo no âmbito da cooperação civil-militar da empresa portuguesa Inovaworks Command and Control, é hoje apresentada à Comissão Europeia, em Bruxelas.

Esta tecnologia será o motor da componente portuguesa do projecto europeu BlueMassMed – uma iniciativa da Comissão Europeia que inclui Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia e Malta, e que foi desenvolvido para fomentar a partilha de informação operacional entre 47 forças e entidades envolvidas no exercício da autoridade do Estado no mar, das quais 12 são portuguesas. O projecto quer monitorizar o tráfego marítimo destes países. Os objectivos passam, por exemplo, por controlar problemas como possíveis colisões, naufrágios e contrabando.


A solução GeoC2, construída no último ano e meio pela Inovaworks Command and Control (uma spin-off do laboratório de tecnologia Inovaworks), foi desenvolvida em estreita colaboração com a então Estrutura de Missão para Assuntos do Mar (EMAM), papel que veio posteriormente a ser assumido pela Direcção-Geral de Política do Mar (DGPM).

Este produto tem como principais elementos diferenciadores o uso de um núcleo de sistema de informação geográfico (SIG) puramente 3D, em que é possível criar e analisar áreas, corredores e volumes subaquáticos, marítimos ou aéreos de forma expedita, e a sua abertura a múltiplas organizações nacionais através da capacidade de integração, análise e partilha de informação baseada em standards abertos, oferecendo uma abordagem orientada para a disponibilidade de múltiplos serviços e redes federadas.

Hugo José Pinto, director-geral da Inovaworks Command and Control, afirma que a sua equipa ficou “entusiasmada com a utilização da solução de Comando e Controlo GeoC2 num projecto desta natureza e dimensão”. Foi “com muito orgulho que empenhámos uma equipa de excelência para colaborar com a DGPM”.

A solução implementada, esclarece, “permite a análise, a partilha de informação e a comunicação em tempo real sobre uma 'sala de situação' virtual em que todos os intervenientes das organizações portuguesas e dos parceiros europeus podem trabalhar em conjunto”.


Tecnologia foi desenvolvida para o projecto europeu BlueMassMed