A Motorola apresentou um novo processo contra a Apple por violação de patentes. Uma das queixas incide na tecnologia de reconhecimento de voz Siri.
O processo foi apresentado junto da International Trade Commission (ITC) dos EUA e incide num total de sete patentes, entre as quais a tecnologia de reconhecimento de voz Siri, tecnologias de notificação de e-mails ou leitores multimédia, segundo adiantou a Motorola Mobility, empresa recentemente comprada pela Google.
O objectivo desta queixa é impedir a importação de dispositivos da Apple, como o iPhone, o iPad ou os computadores Mac, nos EUA.
Em comunicado citado pela agência Bloomberg a Motorola afirma que «gostariamos de encerrar estas questões de patentes, mas a falta de vontade da Apple em resolver o licenciamente deixa-nos poucas escolhas a não ser defendermo-nos e as inovações dos nossos engenheiros».
Este é o mais recente caso de acusações de violação de patentes entre as duas empresas, que desde 2010 estão a tentar chegar a um acordo de licenciamento de tecnologias.

Fonte: SOL