Um segurança do centro de treinos do Zenit encontrou, na quinta-feira, um objecto semelhante a uma carga explosiva com a fotografia do futebolista Hulk, informa a imprensa russa.



Segundo a agência Interfax, o segurança terá telefonado para as autoridades às 22h00 de quinta-feira (19h00 em Lisboa) depois de ter encontrado à entrada do centro de treinos do clube um saco, de onde saíam fios eléctricos colocados com fita-cola.

Agentes e sapadores de várias forças de segurança, entre os quais do Serviço Federal de Segurança (FSB) da Rússia, deslocaram-se ao local.

Aberto o saco, os sapadores encontraram um mecanismo feito com pilhas, um relógio, uma pequena vasilha de gás, fios metálicos e fita-cola.

Agentes da polícia, citados pelo jornal electrónico ‘Fontanka’, afirmaram tratar-se de um engenho explosivo clássico de fabrico caseiro.

Segundo as mesmas fontes, foi encontrada no saco uma fotografia de Hulk, avançado brasileiro do Zenit, contendo como legenda: "Hulk não existe!".

O salário (na ordem dos 8/9 milhões de euros/ano) que o antigo jogador do FC Porto vai ganhar no Zenit provocou descontentamento entre alguns jogadores da equipa, que se recusaram a jogar, nomeadamente Kerzhakov e Denisov.

cm