Rodrigo Veríssimo, de sete anos, assistia atentamente aos trabalhos agrícolas que o avô realizava ontem num terreno, em Santa Leocádia, Chaves. Mas, por volta das 12h30, sem que o avô se apercebesse, o menino aproximou-se do tractor, no exacto momento em que era feita a descarga de milho. Foi atingido pelo reboque da máquina, tendo ficado preso debaixo daquele. O pequeno Rodrigo sofreu ferimentos muito graves e estava, ao fecho desta edição, internado, em coma induzido, no Hospital de S. João, no Porto.



"O avô estava a fazer a colheita do milho e o menino andava lá no campo. Ninguém se apercebeu como o acidente aconteceu, o tractor estava parado e o reboque caiu em cima do menino", contou ao CM fonte dos bombeiros de Vidago, que estiveram no local.

Quando ouviram os gritos aflitivos de Rodrigo, de imediato alguns familiares do menino foram buscar outro tractor e conseguiram assim remover o reboque de cima da criança. Rodrigo entrou, no entanto, em paragem cardiorrespiratória e quando os bombeiros chegaram estava já inconsciente.

Para além dos vários hematomas que tinha na cabeça, na cara e no peito, o pequeno Rodrigo sofreu um grave traumatismo craniano, tendo sido trans-portado de helicóptero para ohospital.

"O menino adora tractores e terá sido isso que o levou a aproximar-se. O avô não se apercebeu de nada, está em choque", disse um amigo da família.

cm