Um agente da PSP sofreu ontem um acidente de viação na freguesia da Amora, concelho do Seixal. Apesar de estar de baixa médica, por problemas relacionados com o alcoolismo – desde 2009, apurou o CM –, o agente da autoridade não acusou consumo excessivo de álcool após o acidente. Não sofreu ferimentos de maior.



Por razões ainda desconhecidas, o condutor, que tem muitos anos ao serviço da PSP – encontra-se actualmente ligado à esquadra da Cruz de Pau –, acabou por perder o controlo da viatura onde seguia, de marca Citroën. Seguia em sentido ascendente na rua 1º de Maio, que liga a Amora à Cruz de Pau, quando, a meio da mesma, guinou em direcção do passeio do lado direito, onde acabou por embater numa viatura que ali se encontrava estacionada. O carro só se imobilizou quando chocou frontalmente com um poste de iluminação, que ficou ligeiramente inclinado.

Ao que o CM soube, o condutor ter-se-á ausentado por momentos do local após o acidente – talvez pelo facto de morar nas imediações – , mas, à chegada do carro--patrulha, já se encontrava novamente perto da sua viatura, que tinha a frente bastante danificada.

O homem, com cerca de 45 anos, acabou por ser submetido pelos próprios colegas de profissão ao teste do balão, mas o resultado não oferecia dúvidas: 0,0 gr/litro.

O CM constatou no local, ao início da tarde de ontem, que ainda havia marcas do acidente, nomeadamente na viatura que estava estacionada e onde o condutor embateu. A base do poste também estava danificada.

"Podemos apenas dizer que o condutor envolvido no despiste se trata de um agente da PSP, mas que está de baixa médica há muito tempo", confirmou ao CM a subcomissária Carla Duarte, porta-voz da PSP.

cm