Vasco Rites, representante do grupo, disse no final da cerimónia de assinatura do contrato que o projecto prevê a abertura de cinco grandes superfícies.

O grupo Continente Portugal/Angola assinou hoje em Luanda um contrato de investimento com a Agência Nacional de Investimento Privado (ANIP), no valor de 102,9 milhões de dólares (79,6 milhões de euros).

Vasco Rites, representante do grupo, disse no final da cerimónia de assinatura do contrato que o projecto prevê a abertura de cinco grandes superfícies.

Na ocasião foram ainda assinados mais quatro contratos de investimentos, no valor de 16,9 milhões de dólares, entre a ANIP e as empresas Lucky Line, Snecou Group-Angola, Pratiker e Jsy-Angola, originárias da Mauritânia, Nigéria, Turquia e China, respetivamente, nos setores da construção civil, indústria e comércio.

Em declarações à imprensa, a presidente da ANIP, Maria Luísa Abrantes, disse que estes investimentos vão proporcionar 2.251 novos empregos, o que considerou "um grande significado para os angolanos".

Segundo Maria Luísa Abrantes, as referidas empresas entrarão em funcionamento ainda antes do final do ano.


Fonte: Jornal de Negócios