Pedro Afonso, aluno de 20 anos do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) que, na quarta -feira, insultou o primeiro-ministro e foi abordado pelo chefe de segurança de Passos Coelho para sair do edifício do instituto vai ser alvo de processo disciplinar, garantiu o presidente do ISCSP, Manuel Meirinho.


Após os insultos, Pedro Afonso foi identificado por agentes da PSP no exterior do edifício do ISCSP

Antes de assumir a presidência do ISCSP, Manuel Meirinho foi cabeça-de-lista do PSD pelo distrito da Guarda nas últimas eleições. O estudante já afirmou que se Meirinho fosse "outra figura, de outro partido, as coisas poderiam ser diferentes". O CM contactou o aluno, que recusou prestar mais declarações.

A Associação de Estudantes do ISCSP já saiu em defesa de Pedro. "Consideramos lamentável que um membro da equipa de segurança do chefe de Governo reaja de forma tão intempestiva e num tom autoritário e agressivo dentro do espaço que pertence, antes de mais, aos alunos". A associação lamenta que a direcção do ISCSP "não tenha intercedido no sentido de impedir que o aluno fosse transportado para fora da faculdade e obrigado a identificar-se num sítio onde não cometeu o alegado acto injurioso". O CM solicitou um esclarecimento ao presidente do ISCSP, mas sem sucesso.

cm