No espaço de uma semana e meia, três estabelecimentos comerciais foram assaltados, em Albufeira. O alvo foi sempre o mesmo: a máquina de tabaco no interior.



O último caso aconteceu ontem de madrugada, por volta das 04h00, no café Sofimil, na zona da Torre da Mosqueira. O método usado, ao que o CM apurou, foi igual ao dos outros dois casos ocorridos recentemente: porta arrombada e máquina carregada para um carro que esperava no exterior do café. Tudo em poucos minutos. Em todos os casos, foram vistas três pessoas.

"Devem ter usado um pé-de-cabra para forçar a porta e entraram para levar a máquina", lamentou ao CM Aliete Xavier, proprietária do café Sofimil, há 20 anos. O grupo, que terá fugido num jipe cinzento, já teria tentado arrombar o estabelecimento há uma semana e meia, mas sem sucesso. Nessa noite, depois de falhar o alvo, ao que tudo indica o mesmo gang conseguiu furtar a máquina de tabaco do snack-bar Boémia, também em Albufeira.

Cinco dias depois, foi a vez da máquina do snack--bar Bora-Bora, que fica a uma dezena de metros do Boémia.

A GNR de Albufeira procedeu à recolha de impressões digitais e de outros vestígios, em todos os casos, e está a investigar.

cm